Momento Esportes

NBB adapta disputa para ter primeiro turno em sedes pré-estabelecidas

Publicados

em


.

A temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil (NBB) terá uma adaptação ao sistema de disputa. Na primeira fase, como nos últimos anos, os clubes se enfrentarão em jogos de ida e volta. A diferença é que o primeiro turno será realizado em etapas sediadas, ou seja, com grupos de times se encarando numa mesma cidade. Depois, as equipes de um grupo duelam com os de outros, também em sedes pré-estabelecidas.

O processo se dará dessa forma até que os 16 participantes tenham jogado entre si. A Liga Nacional de Basquete (LNB), organizadora do torneio, ainda definirá as cidades que receberão as partidas e como serão os grupos. As equipes representam sete estados (Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo) e também o Distrito Federal.

Segundo a LNB, o formato permitirá maior controle dos protocolos de saúde, determinados pelas autoridades, em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19) e reduzirá a logística das equipes na primeira fase. A manutenção desse modelo no segundo turno depende do cenário sanitário do país. Em caso de melhora, com os times podendo atuar nos respectivos ginásios, um sorteio definirá o mandante das partidas.

No mais, o sistema de disputa é o mesmo das últimas edições, com os 12 times mais bem colocados da primeira fase avançando aos playoffs. Os quatro melhores vão direto às quartas de final e aguardam o mata-mata entre os clubes classificados entre a 5ª e a 12ª posições. Devido à pandemia, o torneio passado terminou sem campeão. O NBB 2020/21 começa em 14 de novembro. O Cerrado Basquete, de Brasília, é a novidade entre os participantes.

Leia Também:  Botafogo-SP vence Oeste e fica fora do Z4 da Série B

Mercado agitado

Após anunciar o técnico Demétrius Ferraciú, o Corinthians confirmou os primeiros reforços para o NBB: o pivô Lucas Cauê, o ala Malcolm Miller, o ala/pivô Arthur Bernardi e o armador Gegê.  Destaque ao último deles, cinco vezes campeão do torneio, quatro pelo Flamengo e uma pelo Bauru. O Timão também renovou os contratos dos armadores Ricardo Fischer e Kyle Fuller.

Este último, que virou ídolo da torcida, declarou-se ao Alvinegro e à Fiel em um vídeo no Instagram. “Deixa eu falar uma coisa, do fundo do meu coração. Sem [falar de] basquete, eu sou muito corintiano. Muito corintiano. Meu sangue é preto e branco. Mano, eu sou muito favela, muito louco. E por isso sempre estou aqui. Eu brigo pela bola, bato no peito, grito com vocês e dou tudo em quadra. Para vocês”, declarou Fuller.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

 
 

Uma publicação compartilhada por Zoom (@zoomfuller) em 15 de Set, 2020 às 5:31 PDT

Campeão na edição 2017/18, o Paulistano renovou com o técnico Régis Marelli, com o armador Felipe Ruivo e com os pivôs Victão e Maique. O Alvirrubro também acertou o retorno do armador Deryk, que integrou na o time vencedor do NBB  na temporada 2017/18. No Bauru, o armador Alexei Patrício, que estava no Minas Tênis Clube, é a sétima cara nova para a temporada. Já o Mogi das Cruzes garantiu a permanência do armador Fúlvio e do ala-pivô Fabrício e reforçou o grupo com o armador Cassiano e os alas Rafael Previatti e Dominique Coleman.

Leia Também:  Apesar da covid-19, CBF conta com jogadores que atuam na Europa

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Propaganda

Momento Esportes

Bragantino (PA) domina Fast (AM) e vence a segunda pela Série D

Publicados

em


O Bragantino (PA) chegou à segunda vitória pelo Grupo 1 da Série D do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira (30), o Tubarão do Caeté superou o Fast Club (AM) por 3 a 1 no Estádio Olímpico São Benedito, o Diogão, na cidade de Bragança (PA). A partida teve transmissão ao vivo da TV Brasil e valeu pela terceira rodada da primeira fase. O resultado levou o Braga a sete pontos, na ponta da chave, com três pontos de vantagem sobre o Rolo Compressor, que sofreu a primeira derrota na competição.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Fim de jogo!!! + 3 pontos ?

Uma publicação compartilhada por Bragantino Clube Do Pará (@bragantinoclubedopara) em 30 de Set, 2020 às 1:02 PDT

Com a temperatura na casa dos 30ºC, as equipes apresentaram pouca intensidade nos primeiros 30 minutos, quando o jogo foi paralisado para hidratação dos atletas. Com a bola rolando novamente, o Bragantino foi superior. Aos 34, o meia Túlio – que atuou nesta quarta como lateral – cruzou pela direita, o atacante Canga chutou quase da marca do pênalti e Gustavo espalmou para a trave. Já aos 42, não deu para o goleiro. Em novo ataque pela direita, o meia Edicleber levantou e o volante Paulo de Tárcio, livre, escorou para as redes.

Na etapa final, o calor diminuiu e os times apresentaram mais volume ofensivo, mas pecando muito no posicionamento defensivo. Aos nove minutos, o meia Dadá aproveitou cruzamento pela direita, e a falha da marcação bragantina, para empatar. Mas, no lance seguinte, o atacante Fidélis avançou pela esquerda e rolou para Edicleber, livre, recolocar o time paraense à frente. Aos 29, o atacante Mauro Ajuruteua foi lançado pela esquerda, escapou da marcação de dois zagueiros e definiu o placar.

As equipes voltam a campo pela Série D neste domingo (4). O Bragantino visita o Ji-Paraná (RO) às 16h (horário de Brasília), enquanto o Fast recebe o Independente (PA) na Arena da Amazônia às 19h.

Leia Também:  Botafogo-SP vence Oeste e fica fora do Z4 da Série B

Duelo carioca

Em outro duelo iniciado às 15h (horário de Brasília) desta quarta-feira, o Bangu superou a Portuguesa (RJ) por 2 a 0. A partida no Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, foi válida pela terceira rodada do Grupo 7. O atacante Lessa inaugurou o placar aos 16 minutos do primeiro tempo, aproveitando um bate-rebate na área após uma cobrança de falta. O time alvirrubro ampliou aos 13 da etapa final, com o também atacante Caio César, no rebote de uma cabeçada que parou na trave.

 
 
 

 
 
 
 
 

 
 

 
 
 

Fechem o comércio! ⚪???????????️ O Bangu venceu mais uma na Série D do Campeonato Brasileiro! Com gols de @andersonlessaoficial e @caio26cezar, um em cada tempo, a equipe alvirrubra derrotou a Portuguesa-RJ por 2 a 0, no Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador, pela 3ª rodada do Grupo A7 do torneio. O resultado deixa o time da zona oeste carioca na liderança da chave, com 7 pontos – duas vitórias e um empate. No próximo sábado (03 de outubro), às 15h, o Bangu recebe a Cabofriense, em Moça Bonita, pela quarta rodada da competição. ? @raphatere33 / Bangu #SempreBangu #BanguÉRaiz #aForçaDaZonaOeste

Uma publicação compartilhada por Bangu Atlético Clube (@banguoficial) em 30 de Set, 2020 às 1:08 PDT

O Bangu chegou à segunda vitória na Série D e a sete pontos, na liderança da chave. Já a Lusa carioca sofreu o primeiro revés na competição, estacionada nos quatro pontos. A reprise da partida será exibida na TV Brasil nesta quinta-feira (1), às 15h (horário de Brasília).

Os dois times retornam ao gramado no próximo sábado (3). A Portuguesa volta a jogar em casa, desta vez contra o Nacional de Rolândia (PR), às 15h. No mesmo horário, o Bangu tem outro duelo regional, agora contra a Cabofriense, em Moça Bonita.

Leia Também:  Brasileiro Feminino: Flamengo e Grêmio encerram 11ª rodada

Série D na TV Brasil

Essa foi a primeira das 42 partidas que a TV Brasil vai transmitir. O acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi assinado na última segunda-feira (28). A emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) será responsável pela captação e geração de imagem dos confrontos. A cada rodada, a TV Brasil exibirá dois jogos. Além da televisão aberta, os jogos vão ao ar por streaming no site do canal, pelas afiliadas que integram a Rede Nacional de Comunicação Pública (RNPC) e pela TV Brasil no sinal fechado por assinatura.

A Série D do Campeonato Brasileiro tem 64 clubes, abrange os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal. Sob critérios regionais, as equipes foram divididas em oito grupos com oito times cada. Os quatro melhores de cada grupo avançam ao mata-mata. Os quatro clubes classificados para a semifinal ganham o direito de disputar a Série C em 2021.

Confira a classificação da Série D do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA