Momento Esportes

Neymar marca três vezes e seleção vence Peru nas Eliminatórias

Publicados

em


Em uma partida difícil disputada em Lima, a seleção venceu o Peru nesta quarta-feira (13), de virada, por 4 a 2 e garantiu a liderança das Eliminatórias da Copa na América do Sul, com seis pontos em dois jogos.

Os donos da casa ficaram na frente por duas vezes, mas a equipe de Tite (que completou seu jogo de número 50 no comando da seleção) mostrou poder de reação, empatou e conseguiu a virada com Neymar, que marcou três vezes. O duelo foi transmitido ao vivo pela TV Brasil e pela Rádio Nacional.

Vantagem peruana

O Peru abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo com um bonito gol. Aquino avançou pela direita, girou e tentou o passe para a área. Marquinhos afastou mal e Carrillo chegou batendo de perna direita, de primeira, no cantinho do goleiro Weverton.

O Brasil tinha dificuldades em sair com velocidade do campo de defesa com a marcação alta da seleção peruana, e não conseguia chegar à área adversária tocando. A primeira grande chance veio brasileira veio aos 12 minutos, logo depois de Marquinhos deixar o campo, lesionado, para a entrada de Rodrigo Caio. Richarlison aproveitou lançamento longo e ajeitou de cabeça para Roberto Firmino. O camisa 20 finalizou e Gallese salvou o gol.

Leia Também:  São Paulo, Vasco e Bahia conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Aos 22 minutos, a seleção da casa assustou novamente em um chute cruzado de Gonzáles que Weverton defendeu em dois tempos. Três minutos depois, Neymar foi puxado na área e sofreu pênalti. Ele mesmo foi para a cobrança e empatou. O camisa 10 da seleção brasileira chegou a marcar o segundo dele na partida ainda no primeiro tempo, aos 27 minutos, mas a jogada foi anulada por impedimento de Richarlison no início do lance.

Vitória na etapa final

A segunda etapa começou com o Peru melhor. Logo aos cinco minutos, Trauco apareceu na área e chutou cruzado de perna esquerda, obrigando Weverton a fazer grande defesa. Aos 13 minutos, a equipe da casa ficou novamente na frente. Tapia arriscou de fora da área, a bola desviou em Rodrigo Caio e enganou Weverton.

Assim como no primeiro tempo, o Brasil reagiu. Neymar cobrou escanteio pela esquerda, Roberto Firmino desviou na segunda trave e Richarlison completou. O lance foi para análise do VAR (árbitro de vídeo), que demorou quatro minutos para confirmar o gol do Brasil.

A virada veio aos 34 minutos. Neymar dividiu no alto e a bola sobrou para Richarlison. O atacante lança Everton, que invade a área e cruza rasteiro. Neymar foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. O camisa 10 foi para a cobrança e, com categoria, fez o terceiro do Brasil.

Leia Também:  Após derrota para Real, Barça confirma lesão de Philippe Coutinho

No fim do jogo, o zagueiro Zambrano recebeu cartão vermelho por uma cotovelada no rosto de Richarlison. O Brasil partiu para cima e fez o quarto gol. Éverton passou para Everton Ribeiro, que chutou na saída de Gallese. A bola desviou no goleiro, bateu na trave direita e Neymar apareceu para fazer o terceiro dele no jogo.

Marca de Neymar

Com o triplete da noite desta terça-feira, Neymar atingiu a marca de 64 gols com a camisa da seleção brasileira, de acordo com a Fifa. Ele superou Ronaldo Fenômeno e agora é o segundo jogador com mais gols pelo Brasil em partidas oficiais, atrás apenas de Pelé, que tem 77 gols. Na contagem da CBF, que leva em consideração partidas contra clubes e combinados, Neymar também tem 64 gols e ainda está atrás de Ronaldo e Zico. O Fenômeno aparece com 67 gols e o ídolo do Flamengo, com 66. Pelé soma 95.

Na próxima rodada das Eliminatórias Sul-Americanas, o Brasil enfrenta a Venezuela, dia 11 de novembro, às 21h30, no estádio do Morumbi (SP).

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Nos acréscimos, Flamengo empata com Internacional no Beira-Rio

Publicados

em


O líder Internacional empatou neste domingo (25) com o vice-líder Flamengo por 2 a 2 no estádio Beira Rio, em Porto Alegre (RS), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com este resultado, os colorados se mantiveram no topo da tabela de classificação. Gaúchos e cariocas estão com os mesmos 35 pontos, mas a equipe comandada pelo técnico argentino Eduardo Coudet leva vantagem no critério de desempate do saldo de gols (15 a 11).

Os donos da casa começaram pressionando. Logo aos 6 minutos abriram o placar. O lateral do Flamengo Isla perdeu a bola para Patrick, que foi até a linha de fundo e tocou para Abel Hernández. Dentro da área, o atacante uruguaio se antecipou à zaga rubro-negra e chutou firme. Indefensável para o goleiro Hugo. Quatro minutos depois, os visitantes empataram. O atacante Pedro, de fora da área, bateu firme no canto esquerdo do goleiro Marcelo Lomba, que não conseguiu interceptar. Este foi o nono gol de Pedro no Brasileirão.

Após o placar igualar, o jogo ficou equilibrado. Entretanto, aos 24, após mais uma bobeira do sistema defensivo da equipe carioca, o Inter voltou à frente no marcador. Após erro de passe do zagueiro Gustavo Henrique, na saída do goleiro Hugo, Thiago Galhardo bateu colocado e balançou a rede adversária. Com este gol, Galhardo se isolou ainda mais na artilharia do campeonato, com 15. O jogador colorado ainda fez o terceiro aos 43, mas desta vez estava impedido.

Empate no final

Na segunda etapa, o Flamengo tentou reagir, mas foi o Inter que quase ampliou. Aos 4, Marcos Guilherme bateu de primeira, de fora da área, e acertou a trave de Hugo. Em seguida os rubro-negros incomodaram. Aos 7, de voleio, Pedro quase marcou o segundo dele na partida. Aos 12, o lateral-esquerdo rubro-negro Filipe Luís acertou o travessão. No decorrer do segundo tempo os cariocas dominaram a partida, embora não conseguissem transformar a pressão em gol. Até que nos acréscimos, aos 49, Gerson cruzou para Everton Ribeiro, que, de cabeça, empurrou para o fundo da rede. Internacional 2, Flamengo 2.

O próximo compromisso das duas equipes será na próxima quarta-feira (28). Estreando na Copa do Brasil, o Internacional enfrentará o Atlético-GO no estádio Olímpico, em Goiânia (GO), às 19h. Outro que vai debutar na competição é o Flamengo, que duelará com o Athletico-PR, atual campeão da competição, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), às 21h30.

Leia Também:  São Paulo, Vasco e Bahia conhecem adversários da Copa Sul-Americana

Pelo Brasileirão, os colorados voltam a campo no sábado (31). O adversário será o Corinthians na Neo Química Arena, em São Paulo (SP), às 19h. Já o Flamengo receberá o São Paulo no domingo (1º). A partida acontecerá no Maracanã às 16h.

Triunfo gremista

De virada, o Grêmio bateu o Athlético Paranaense por 2 a 1 na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). O Furacão abriu o placar com Carlos Eduardo ainda no primeiro tempo. Após o intervalo, o zagueiro do Athletico-PR Thiago Heleno marcou contra. O gol da vitória dos gaúchos saiu dos pés de Ferreira, aos 41 minutos. Com o êxito fora de casa, o Grêmio chegou a 24 pontos, e ocupa a nona posição. Já o Athletico-PR é o 18º, com 16.

Assim como Flamengo e Internacional, Athletico-PR e Grêmio também estreiam pela Copa do Brasil. Enquanto o Furacão vai encarar o Flamengo, o tricolor gaúcho terá o Juventude pela frente na quinta-feira (29). O confronto acontecerá em Porto Alegre às 21h30.

Em seguida, a dupla volta a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro. No domingo (1º), às 16h, os paranaenses visitarão o Sport na Ilha do Retiro, no Recife (PE). Já o Grêmio receberá o Bragantino na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). O embate será realizado no dia do feriado de Finados, em 2 de novembro, às 20h.

Leia Também:  Lewis Hamilton se torna maior vencedor da Fórmula 1

Veja a classificação atualizada da Série A do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA