Momento Esportes

Paula Pequeno e Taina Lima formam nova dupla de praia

Publicados

em


.

O fim de uma dupla costuma ser o início de outra. Assim é nos duos de vôlei de praia e foi o que aconteceu, nesta segunda (10), com o anúncio da união entre Paula Pequeno e Taiana Lima. Pelas redes sociais, elas confirmaram a união esportiva. Bicampeã olímpica dentro das quadras (2008 e 2012) e com 38 anos, Paula é praticamente uma novata na modalidade. Ao contrário da parceira, que tem toda carreira ligada a competições na areia, com vários títulos e prêmios. O lançamento oficial da dupla ocorre na próxima quarta (12) num hotel no Rio de Janeiro.

No final do ano passado, Paula formou dupla com a contemporânea de seleção brasileira Marianne Steinbrecher, a Mari. A estreia delas foi em março e o caminho das duas foi curto, com dois jogos e duas derrotas em Aracaju (Sergipe). Logo depois, todo o circuito brasileiro foi cancelado por causa da pandemia. “Tendo perdido esse precioso tempo de preparação, decidimos tentar encurtar o nosso caminho rumo à transição mais rápida possível. Sendo assim, eu e Mari não somos mais uma dupla, mas sim amigas como sempre e para sempre”, explicou Paula, sobre a separação, pelas redes sociais, destacando ainda que iriam em busca de evolução mais rápida, procurando parceiras com maior experiência na areia.

Leia Também:  Rebeca Andrade dá show em Tóquio e se classifica para três finais

A nova parceira de Paula, Taiana, tem metade dos 34 anos de vida dedicados ao vôlei de praia. A cearense começou na modalidade através de um projeto de novos talentos da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Fernanda Berti foi a última parceira, mas Taiana já jogou ao lado de Talita, com quem conquistou o título do Circuito Mundial em 2013 e o vice-campeonato mundial em 2015.

Mari ainda não anunciou nada sobre o futuro nas areias, mas curtiu a publicação da antiga parceira sobre a nova dupla, sinalizando que a amizade continua.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Tóquio: Abner Teixeira vence e avança às quartas de final no boxe

Publicados

em


O peso-pesado Abner Teixeira estreou com vitória e avançou às quartas de final  na manhã desta terça-feira (27) contra o número cinco do mundo Chaeavon Clarke (Grã-Bretanha). Estreante em Olimpíadas, o pugilista paulista, de 25 anos, 14º no ranking mundial, ganhou por 4 a 1, na categoria acima de 91 quilos. Todas as lutas do boxe estão ocorrendo na na Ryögoku Kokugikan,onde também ocorrem as lutas de sumô na capital japonesa.

O brasileiro, de 25 anos, volta ao ringue às 7h39 (horário de Brasília) da próxima sexta (30) contra Hussein Ishaish, que eliminou um dos favoritos à medalha de ouro, o equatoriano Julio Castillo. Se vencer, Abner jájá assegura a medalha de bronze. 

Natural de Osasco, Abner descobriu o boxe aos nove anos, ao participar de um projeto social em Sorocaba (SP). Percorria a pé seis quilômetros diariamente até chegar à academia. Hoje, na estreia no ringue olímpico, o paulista começou ganhando o primeiro round por 29 a 28 e perde o seguinte por 27 a 30. Na sequência, Abner foi superior, ganhando por 30-27, 29-28 e 29-28.

Leia Também:  Olimpíada: seleção feminina de vôlei estreia neste domingo em Tóquio

Próximas estreias

Quarta-feira (28)

2h12 – Keno Marley x vencedor (Shabbos Negmatulloev/Tajiquistão) e  Daxiang Chen/China) – categoria 81 kg

Quinta-feira (29)

5h – Hebert Conceição x vencedor (Ashish Kumar/Índia) x Erbieke Thuoheta/China) – categoria 75 kg

7h24 – Grazielli x vencedora  (Tsukime Namiki/Japão x Catherine Nanziri/Uganda) – categoria 51 kg

Sexta-feira (30)

5h – Bia Ferreira x vencedora (Wu Shih-Yi/Taiwan x Agnes Alexiusson/Suécia) – categoria 60 kg

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA