Momento Esportes

Pia Sundhage destaca importância da versatilidade do grupo brasileiro

Publicados

em


Ao lado da coordenadora da seleção feminina, Duda Luizelli, a técnica sueca Pia Sundhage falou na tarde desta quinta-feira (8) sobre a lista das 24 atletas que atuam foram do país e que foram convocadas por ela para um período de treinamentos em Portimão (Portugal) entre os dias 19 e 27 de outubro.

“Para podermos ganhar algo, precisamos de diversidade. Não importa a origem das atletas. É importante que as jogadoras estejam prontas. Marta e Debinha, por exemplo, chegam fortes pelas competições que disputam. Alguns times da Europa são muito fortes, como o PSG de Formiga e Luana. É único que tenhamos tantas jogadoras boas espalhadas pelo mundo. Agora depende de nós colocarmos elas juntas e formarmos uma ótima equipe. É importante ter jogadoras que podem atuar em posições diferentes com versatilidade”, analisou Pia.

A treinadora também falou da importância das avaliações físicas: “Recentemente, tivemos dias muito bons e muito produtivos de treinamentos com as jogadoras que atuam aqui no Brasil. Então, a ideia agora é levar as jogadoras da Europa, Estados Unidos e China para comparar os desempenhos. Teremos os mesmos testes e GPS nas atletas para analisar os resultados”.

Leia Também:  Flamengo goleia Corinthians no Itaquerão, com vitória de 5 a 1

A lista tem oito atletas estreantes no período da técnica Pia Sundhage. Entre elas está a meio-campista Giovanna Queiroz, do Barcelona, que já passou pelas seleções de base do Brasil, dos Estados Unidos e da Espanha, e que terá a primeira oportunidade no grupo principal do time verde e amarelo.

“É fantástico que nessa lista temos Marta e a Giovanna Queiroz. Temos uma jogadora famosa e com experiência, e do outro lado provavelmente o futuro do time. É fantástico que Giovanna seja tão nova e já tenha atuado por três seleções. Estou animada, pois ela é uma grande jogadora que atua por um time como o Barcelona e pode aprender na seleção. Será uma ótima chance para ela conviver com alguém como Marta”, afirmou Pia.

A seleção feminina se apresenta no dia 19 de outubro para a segunda etapa de treinamentos após o retorno do futebol durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). Esta foi a terceira convocação do ano, já que o grupo se reuniu em março para o Torneio Internacional da França e, em setembro, para trabalhos na Granja Comary.

Leia Também:  Messi marca pela 16ª edição seguida da Liga dos Campeões

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Libertadores: já classificado, Athletico-PR perde para o Peñarol

Publicados

em


O Athletico-PR foi derrotado pelo Peñarol (Uruguai) por 3 a 2 em partida realizada nesta terça-feira (20) no estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu. Com este revés, a equipe brasileira encerrou a primeira fase da Copa Libertadores na segunda posição do grupo C com 10 pontos.

A primeira posição da chave ficou com o Jorge Wilstermann (Bolívia), que venceu o Colo-Colo (Chile) por 1 a 0 nesta terça e chegou aos mesmos 10 pontos do Furacão, mas com saldo de gols melhor.

Jogo de viradas

O time do Paraná chegou para esta partida em uma situação cômoda, pois já estava classificado para as oitavas de final. Assim, o objetivo era apenas pontuar para garantir a primeira posição do grupo. Porém, o confronto não começou bem para a equipe brasileira, que viu o Peñarol abrir o placar logo aos 5 minutos com o zagueiro Formiliano.

Leia Também:  Messi marca pela 16ª edição seguida da Liga dos Campeões

Mas o Athletico-PR conseguiu deixar tudo igual antes do intervalo. Aos 35 minutos com o argentino Lucho González após boa jogada de Nikão.

E a virada veio aos 44 do primeiro tempo, quando, após falha de Gargano, o volante Richard acerta um bonito chute para vencer o goleiro Dawson.

No entanto, a etapa final foi toda dos uruguaios, que chegaram à vitória com gols de Kagelmacher, aos 17 minutos, e de Britos, aos 35. Placar final, Peñarol 3, Athletico-PR 2.

Vaga na Sul-Americana

Em um jogo entre duas equipes já eliminadas da Libertadores, o São Paulo goleou o Binacional (Peru) por 5 a 1 no estádio do Morumbi. Os gols da equipe paulista foram marcados por Arboleda, Vitor Bueno, Brenner e Pablo (dois).

Com este resultado, a equipe do Morumbi garantiu a terceira posição do grupo D e uma vaga para a Copa Sul-Americana.

Leia Também:  Guardiola assume culpa por dificuldades do City na Liga dos Campeões

Veja a classificação atualizada da Copa Libertadores.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA