Momento Esportes

Ricardo Sá Pinto chega ao Vasco prometendo trabalho e estabilidade

Publicados

em


Carinho, trabalho duro e repetição. É o que a torcida do Vasco pode esperar do técnico Ricardo Sá Pinto. O português desembarcou no Rio de Janeiro, recebeu o calor de torcedores no Aeroporto Santos Dumont, atendeu aos jornalistas e, logo depois, falou sobre como pretende comandar no Gigante da Colina.

Com a missão de recuperar a boa fase do time na Série A do Campeonato Brasileiro, o técnico lusitano traz esperança para a torcida vascaína. Antes de começar efetivamente o trabalho com os jogadores, o português fez questão de elogiar o clube em entrevista à Vasco TV no Facebook.

“É uma honra, é um orgulho muito grande. Eu me identifico muito com o Vasco, sempre me identifiquei. Adoro o vosso país, adoro o Brasil. Somos praticamente irmãos, falamos a mesma língua. Tenho muitos amigos brasileiros em Portugal, tenho muitos amigos a viver aqui. Portanto, sinto-me em casa. A minha maior tristeza seria não poder triunfar, não ajudar o clube a conseguir os êxitos que merece. Por isso eu vou dar o que tenho e o que não tenho para arranjar soluções, para que a equipe consiga mesmo chegar a um nível de classificação que merece”.

 

Com fama de disciplinador, o técnico de 48 anos foi bem direto sobre como pretende levar o Vasco para o caminho das vitórias.

“Para nós, todos os jogos serão finais a partir de agora, e isso que quero que os jogadores entendam desde o início. A minha exigência vai ser muita. Primeiro comigo e depois com eles. Irei dar o exemplo primeiro para que eles acreditem no meu trabalho. Vamos trabalhar muito. Vai ser muito duro, vai ter muita exigência, mas sei que, no final, vamos vencer todos juntos”.

Ricardo Sá Pinto revelou que já acompanhou algumas partidas do Vasco no Campeonato Brasileiro. Ele comentou sobre as mudanças de jogadores e na estrutura da equipe nos últimos confrontos da competição, e explicou como pretende montar o time.

“Se não seguirmos alguma estabilidade na equipe, em estrutura, com onze jogadores para base, por vezes não é fácil entrarmos naquela regularidade que nós queremos ver, por exemplo, na qualidade de nosso jogo. Se não houver uma repetição da equipe é difícil percebermos o modelo de jogo que a equipe tem. Portanto eu sou um treinador que gosto muito da estabilidade e gosto muito de dar a oportunidade para que os jogadores também tenham a capacidade para mostrar tudo o que tem e o que sabem”.

O técnico português admitiu que é difícil trabalhar com um elenco grande, como o do Vasco. Para ele, o ideal é ter um plantel reduzido. Contudo, o Gigante da Colina segue contratando. O novo reforço é o volante Leonardo Gil, de 29 anos. O argentino veio por empréstimo junto ao Al-Ittihad, da Arábia Saudita, até junho de 2021.

Leia Também:  Vasco perde pênalti, mas bate Caracas no fim pela Sul-Americana

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Propaganda

Momento Esportes

Cogitado a ser principal defesa do Corinthians, Jemerson não joga desde janeiro

Publicados

em


A última partida de Jemerson foi em 28 de janeiro, na derrota por 1 a 0 para o Saint-Étienne, pela Copa da França. Ou seja, na última quarta-feira ele completou nove meses sem atuar.

Para piorar, nos últimos meses, o zagueiro foi afastado até mesmo dos treinamentos do Monaco. Depois da quarentena, ele tem treinado em horários diferentes do restante do elenco.

Fora dos planos do técnico croata Niko Kovac, Jemerson encara o afastamento também como uma punição por ter decidido não renovar contrato com o Monaco. O vínculo dele com o clube francês vai até o meio do ano que vem.

A diretoria corintiana negocia a contratação do zagueiro por empréstimo de um ano, quando ele ficaria livre para assinar em definitivo com o Timão. A ideia do Timão é não pagar pela liberação do atleta, arcando apenas com salários dele.

  Flamengo sem piedade derrota Corinthians por 5 a 1

Leia Também:  Vasco tem desfalque do jogador Benítez que não conseguiu se recuperar a tempo

Recentemente, Jemerson recebeu propostas de clubes da França, mas recusou, pois quer deixar o país. No passado, quando viveu bons momentos pelo Monaco, ele foi alvo de sondagens de gigantes europeus, como Liverpool e Juventus.

O defensor chegou ao Monaco em janeiro de 2016, tendo disputado 153 partidas pela equipe.

Revelado pelo Atlético-MG, ele esteve no grupo que foi campeão da Libertadores de 2013, participou da conquista da Recopa Sul-Americana em 2014, ano em que também faturou a Copa do Brasil. Em 2015, ele foi eleito o melhor zagueiro do Campeonato Brasileiro.

Jemerson também acumula cinco convocações para a seleção brasileira e duas partidas disputadas com a amarelinha, a última delas em 2017.

O Timão quer um reforço para a defesa já há alguns meses. Depois que Danilo Avelar sofreu uma lesão no joelho, porém, as buscas se intensificaram. A ideia é a contratação de um jogador para ser titular ao lado de Gil. O elenco hoje conta ainda com Marllon e Bruno Méndez.

Leia Também:  Vasco perde pênalti, mas bate Caracas no fim pela Sul-Americana

 

COMENTE ABAIXO:

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA