Momento Esportes

Série B: Brasil de Pelotas derrota Goiás de virada

Publicados

em


O Brasil de Pelotas derrotou o Goiás por 2 a 1, na noite de sexta-feira (18) no estádio Bento de Freitas, pela 5ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Após este resultado, o Esmeraldinho segue no G4 da competição, na 4ª posição com oito pontos, já o Xavante pulou nove posições e atualmente é o 9º com cinco pontos.

Apesar de ser disputado a uma temperatura de 10 graus sob uma garoa fina, o jogo foi quente. O confronto iniciou com domínio do Goiás, que abriu o placar logo aos sete minutos, quando o meia Luan Dias escorou cruzamento de Alef Manga.

Aos 13, o atacante Bruno Mezenga fez grande jogada e só não marcou o segundo porque Héverton deu um carrinho para afastar a bola já quase em cima da linha. Aos 22, o time da casa chegou pela primeira vez com perigo. O volante Bruno Matias bateu colocado e a bola passou raspando. O empate veio aos 25, quando o atacante Fabrício finalizou muito bem cruzamento do lateral Artur.

Leia Também:  Olimpíada: Fernando Scheffer fatura bronze na natação

Após algumas chances perdidas pelos dois times, veio a virada. Aos 12 minutos do segundo tempo, Ramon foi no fundo pela esquerda e cruzou, e o meia Gabriel Terra não perdeu a oportunidade. Com o placar favorável, o Xavante diminuiu a intensidade e passou a ceder terreno.

Aos 18, o atacante Alef Manga bateu forte da entrada da área e forçou o goleiro Matheus Nogueira a fazer boa defesa. Aos 27, foi a vez de o lateral Apodi cabecear dentro da área e mandar a bola pela linha de fundo com muito perigo. Aos 32, após expulsão do meia gaúcho Gabriel Terra, o Goiás seguia jogando em cima dos donos da casa. Elvis bateu da intermediária e a bola passou raspando o travessão. Os 20 minutos restantes foram de sufoco do Goiás em busca do gol de empate, com muitas bolas erguidas na área. Mas o placar permaneceu inalterado.

Pela 6ª rodada, o Brasil vai até Maceió para enfrentar o CRB no estádio Rei Pelé na terça-feira (22). No mesmo dia, o Goiás receberá o Avaí na Serrinha.

Leia Também:  LNF: Campo Mourão joga por vaga antecipada e Brasília quer sobrevida

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Delegações barulhentas compensam ausência de torcedores na Olimpíada

Publicados

em


No boxe, foram os uzbeques com tambores. No tênis de mesa, chineses acenando bandeiras torceram tanto que a imprensa japonesa reclamou que parecia um jogo fora de casa para o time anfitrião.

A Olimpíada pode estar oficialmente sem torcedores, mas as delegações nacionais estão assumindo a responsabilidade pelo barulho nos locais de competição de Tóquio, substituindo os torcedores que foram barrados por medidas contra o novo coronavírus.

Tecnicamente, torcer não é permitido por causa do risco de infecções de covid-19, mas tem sido difícil aplicar essa regra durante o drama da competição olímpica.

Após serem adiados por um ano, os Jogos de Tóquio estão sendo realizados sem espectadores, uma medida sem precedentes para evitar o potencial de disseminação do vírus e para tranquilizar um público japonês nervoso que, em geral, foi contra a realização da Olimpíada durante a pandemia.

No Nippon Budokan de Tóquio, onde o judô está sendo disputado, uma autoridade disse à Reuters que estava ficando cansada de pessoas pedindo para ficar nas arquibancadas.

Leia Também:  Ítalo Ferreira é ouro em Tóquio e 1º campeão olímpico no surfe

“Quem está pedindo para entrar nas arquibancadas são membros da imprensa e pessoas afiliadas às Olimpíadas”, disse a autoridade, se recusando a ser identificado. “Está se tornando um problema.”

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA