Momento Esportes

US Open: Bruno Soares pega algozes de atuais campeões na semifinal

Publicados

em


.

O mineiro Bruno Soares está a dois jogos do bicampeonato de duplas do US Open. Nesta segunda-feira (7), pelas quartas de final, ele e o croata Mate Pavic, com quem atua desde o ano passado, aplicaram 2 sets a 0 nos britânicos Neal Skupski e Jamie Murray (que foi parceiro do brasileiro no título do Grand Slam em 2016). Na semifinal, Soares e Pavic encaram o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau, que bateram os colombianos Juan Sebastián Cabral e Robert Farah, atuais campeões do torneio, ainda na segunda fase.

A parceria entre o mineiro e o croata precisou de 24 minutos para fechar o primeiro set em 6/2. A segunda parcial foi mais complicada e durou quase uma hora, com as duplas cumprindo os serviços, forçando o tie-break. Soares e Pavic abriram 3 a 0, viram os britânicos virarem para 4 a 3, mas engataram quatro pontos seguidos e fecharam o set em 7/6 (7/4).

Antes de vencer Skupski e Murray, a dupla do brasileiro (o 27º do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais) superou a parceria entre o argentino Horácio Zeballos e o espanhol Marcel Granollers, cabeça de chave número cinco, por 2 sets a 1. Pela na segunda fase, Soares e Pavic, que é o 17º do mundo, bateram os norte-americanos Jack Sock e Jackson Withrow por 2 sets a 0.

Leia Também:  Após rescisão com Grêmio, Thiago Neves é anunciado pelo Sport

Rivais do mineiro na semifinal, Tecau e Rojer (que ocupam, respectivamente, as posições 20 e 21 da ATP) superaram nesta segunda-feira o indiano Rohan Bopanna e o canadense Denis Shapovalov por 2 sets a 0, com duplo 7/5. O holandês e o romeno, cabeças de chave número 12, atuam juntos desde 2014 e foram campeões do próprio US Open em 2017. No mesmo ano também levaram o título do Aberto da Austrália.

Além de Bruno Soares, o Brasil iniciou o US Open representado em mais duas parcerias masculinas. Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot, cabeças de chave número dois, foram surpreendidos ainda na primeira fase pelos belgas Joran Vliegen e Sander Gillé. Já a dupla formada por Marcelo Demoliner e o holandês Matwé Middelkoop seguiu à segunda rodada, mas acabou superada por Skupski e Murray.

Edição: Fábio Lisboa

Propaganda

Momento Esportes

Série B: Náutico e Chape empatam nos Aflitos em partida movimentada

Publicados

em


.

Duas partidas deram sequência à 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira (18). Nos Aflitos, Náutico e Chapecoense empataram em 1 a 1, em um jogo muito disputado e com emoção até o último minuto. No Batistão, o Confiança foi melhor e passou pelo Guarani por 1 a 0.

Empate nos Aflitos

O Náutico teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas não conseguia acertar o último passe. A Chapecoense optou por ficar na defesa e esperar o momento certo para o contragolpe. Quase deu certo logo aos 15 minutos. Anselmo Ramon tocou para Matheus Ribeiro, que entrou sozinho na grande área e bateu cruzado. A bola desviou na defesa e foi para fora.

Aos 22 minutos, Anselmo Ramon fez bela jogada e tentou de perna esquerda de fora da área, mas a bola passou à esquerda do gol. A Chape só não abriu o placar aos 27 minutos porque Jefferson salvou o Náutico. Aylon tentou o cruzamento, mas houve o toque na zaga e o goleiro teve que se esticar todo para impedir o gol.

A Chape criava as melhores oportunidades. Aos 40 minutos, Paulinho Moccelin ganhou de Hereda na corrida, chutou e Jefferson espalmou. O lateral-direito desistiu da jogada e Moccelin recuperou a bola, tocou para trás e encontrou Matheus Ribeiro. Sozinho, na marca do pênalti, o camisa 2 isolou.

Leia Também:  Libertadores: São Paulo empata em 2 a 2 com River Plate

No último lance do primeiro tempo, o Náutico teve sua chance. Hereda avançou pela direita e cruzou. A bola passou por todo mundo e Jhonnatan apareceu para finalizar, mas acabou mandando por cima.

O Timbu voltou melhor para a etapa final. Aos 11 minutos, Jorge Henrique cobrou falta da intermediária e Paiva apareceu no meio da defesa para cabecear. João Ricardo fez bela defesa e salvou a Chapecoense. Dez minutos depois foi a vez de Dadá testar o goleiro. O meia chutou forte de perna esquerda de fora da área e João Ricardo botou para escanteio.

De tanto insistir, o Náutico marcou o gol. Aos 32 minutos, Thiago Fernandes subiu pela direita e cruzou na medida para Kieza. O camisa 9 cabeceou firme e abriu o placar nos Aflitos.

A Chapecoense não desistiu da partida e chegou ao empate no último lance. Aos 48 minutos, Thiago Ribeiro deu bela assistência para Busanello, que chutou cruzado para deixar tudo igual nos Aflitos.

Com o resultado, a Chapecoense chegou a 17 pontos, na terceira posição do campeonato. O Náutico soma 14 pontos e ocupa a 9ª colocação. Na próxima rodada, a Chape encara o América-MG, sexta-feira (25), às 19h15, na Arena Condá. O Náutico visitaria o Sampaio Corrêa, mas o confronto foi adiado devido à decisão do Campeonato Maranhense. Desta forma, o Timbu só entra em campo na terça-feira (29), pela 12ª rodada, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Leia Também:  Após demissão de Argel Fuchs, CSA encara Cruzeiro com técnico interino

Vitória sergipana

Confiança e Guarani também se enfrentaram nesta sexta-feira (18) pela 10ª rodada da Série B. Melhor para o time de Sergipe, que, no retorno do técnico Daniel Paulista, venceu por 1 a 0. Com o resultado, o Confiança chegou a 11 pontos, pulando para a 11ª posição. Já o Bugre fica com 8 pontos, na 16ª colocação, interrompendo uma sequência de três partidas consecutivas sem derrotas.

A partida foi bastante equilibrada no primeiro tempo, com oportunidades para as duas equipes. Na etapa final, o gol da vitória do Confiança saiu logo aos 7 minutos, com Matheus Mancini completando boa jogada de Silva pela esquerda. O Guarani tentou pressionar para conseguir o empate, mas o time de Sergipe segurou a vitória até o apito final do árbitro.

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Figueirense, sábado (26), às 11h, no Orlando Scarpelli. Já o Confiança vai a Campinas encarar a Ponte Preta, domingo (27), às 20h30, no Moisés Lucarelli.

Veja a classificação atualizada da Série B do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA