Momento Jurídico

Campanha de valorização à saúde mental do trabalhador é lançada

Publicados

em


.
Com o foco na saúde mental do trabalhador, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso lançou nesta quarta-feira (09), a campanha “Que o amarelo faça florir”, alusiva ao movimento Setembro Amarelo de prevenção ao suicídio. Realização de lives no Instagram sobre a temática, divulgação de posts nas redes sociais e iluminação das fachadas das sedes das Promotorias da Capital e da Procuradoria Geral de Justiça na cor amarela são algumas das ações de sensibilização que serão desenvolvidas no decorrer do mês.

A coordenadora do programa “Vida Plena – MPMT Pensando em Você”, promotora de Justiça Claire Vogel Dutra, explica que a campanha busca intensificar as ações de saúde mental do trabalhador e alertar quanto à importância de olhar para aqueles que estão em sofrimento emocional. “Com acolhimento e escuta, as pessoas em sofrimento podem sair de uma zona de desespero e construir alternativas para lidar com a dor, fazendo florir o que há de melhor em si. Para isso é importante cuidar da saúde mental”, destacou a promotora de Justiça.

Leia Também:  Lewandowski dá diretrizes para aplicação de incentivos às candidaturas de pessoas negras

Segundo ela, desde o ano passado o MPMT, por meio do Vida Plena, instituiu “Diálogos em Saúde Mental” para membros e servidores. Conduzida por uma psicóloga e uma assistente social, a ação tem como objetivo promover discussões sobre os cuidados em saúde mental na Capital e no interior do estado. A iniciativa atende ao levantamento de demandas realizado pelo programa Vida Plena nos municípios polos.

A Campanha “Que o amarelo faça florir” abordará temáticas como acolhimento; papel do líder e do gestor no cuidado à saúde do trabalhador; e saúde mental no contexto de coronavírus e o impacto da tecnologia.

Fonte:

Propaganda

Momento Jurídico

TSE: em pronunciamento, Barroso pede cuidado com pandemia e fake news

Publicados

em


.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, fez na noite deste sábado (26) um pronunciamento de rádio e TV sobre a campanha eleitoral, que começa neste domingo, e pediu que o eleitor “não abra mão da sua chance de fazer a diferença”. Barroso alertou o eleitor ainda sobre os cuidados por causa de dois “vírus”: a pandemia e as fake news (notícias falsas). 

“Há um outro vírus que ronda as eleições, capaz de comprometer não a saúde pública, mas a própria democracia. Trata-se das notícias falsas, das campanhas de desinformação e de difamação”, disse Barroso, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Vamos fazer uma campanha com debate público de qualidade, franco e robusto, mas com respeito e consideração pelas pessoas e por suas ideias, mesmo que diferentes das nossas”.

Conforme o presidente do TSE, a pandemia impõe cuidados especiais na campanha para a proteção de eleitores e de candidatos. Com base na informação colhida com especialistas, o TSE recomendou distanciamento social durante a campanha. 

Leia Também:  Negado seguimento a HC de ex-secretário-adjunto de Gestão em Saúde do DF

“A principal forma de transmissão da doença ocorre quando uma pessoa fala ou respira próxima da outra. Por essa razão, as recomendações mais importantes são: evitar aglomerações, manter distância mínima de 1 metro das outras pessoas e sempre utilizar máscara. Além disso, reuniões devem ser feitas em lugares abertos e deve-se evitar a distribuição de impressos. Sempre que possível lave as mãos ou utilize álcool gel após ter contato com alguém ou com algum objeto. Com esses cuidados, fica minimizado o risco de contaminação”, disse Barroso. 

Segundo o TSE, 148 milhões de eleitores estão habilitados a votar para prefeitos e vereadores em mais de cinco mil e quinhentas cidades em todo o país.

Edição: Bruna Saniele

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA