Momento Jurídico

Em sessão virtual, ministros Mauro Campbell Marques e Raul Araújo tomam posse no TSE

Publicados

em


.

Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Mauro Campbell Marques e Raul Araújo tomaram posse nesta terça-feira (1º), em sessão solene virtual, como integrantes efetivo e substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), respectivamente.

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, deu as boas-vindas aos dois colegas e afirmou ser uma honra poder atravessar a jornada de realizar as Eleições Municipais de 2020 com os dois ministros em sua equipe.

“O ministro Mauro Campbell Marques muito nos honra com sua trajetória, como advogado, procurador de Justiça e, principalmente, por sua atuação proba e talentosa como ministro do STJ”, destacou o presidente do TSE.

Ao cumprimentar o ministro Raul Araújo, Barroso ressaltou que o novo integrante do TSE “há mais de dez anos enriquece o STJ com seu trabalho”, além de ter tido uma longa carreira no Ceará, onde foi procurador-geral do estado.

Perfis

Mauro Campbell Marques ingressou no TSE como membro substituto em agosto de 2018. Agora, assume a vaga deixada pelo ministro Og Fernandes, que deixou a Corte Eleitoral no último mês. Natural de Manaus (AM), Cambpell Marques é ministro do STJ desde junho de 2008.

Leia Também:  STF encerra primeiro dia de audiência pública sobre o clima

Raul Araújo nasceu em Fortaleza (CE) e foi empossado no STJ em maio de 2010. Ele atua naquele Tribunal na Corte Especial, na Segunda Seção e na Quarta Turma.

Autoridades

Estiveram presentes à solenidade virtual, além dos ministros da Corte Eleitoral, o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro; o vice-presidente da República, Hamilton Mourão; o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli; o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre; o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; o presidente do STJ, ministro Humberto Martins; e o vice- procurador-geral Eleitoral, Renato Brill de Góes, entre outras autoridades dos Três Poderes.

IC/LC

Fonte: TSE

Propaganda

Momento Jurídico

STF encerra primeiro dia de audiência pública sobre o clima

Publicados

em


.

O Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou hoje (21) o primeiro dia de debates sobre a utilização dos recursos do Fundo Nacional sobre Mudança Climática. A audiência pública foi convocada pelo ministro Luís Roberto Barroso, que é relator de uma ação de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) que questiona a suposta paralisação do fundo pelo governo. 

Na parte da tarde, se manifestaram representantes do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), entre outras entidades. De acordo com Denise Hamú, representante do Pnuma, os fundos climáticos são necessários para financiar medidas para mitigar os efeitos das mudanças climáticas e trazem benefícios ambientais e econômicos. 

A coordenadora da APIB, Sônia Guajajara, afirmou que as terras indígenas estão entre as áreas mais preservadas, no entanto, estão sob ameaças constantes de madeireiros e garimpeiros. Sônia também citou enfraquecimento na fiscalização do governo. 

Pela manhã, na primeira parte da sessão, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que o ceticismo em relação às mudanças climáticas é um dos principais obstáculos a serem superados na área ambiental. 

Leia Também:  Começa na segunda-feira (21), a partir das 9h, audiência pública que debaterá Fundo do Clima

A audiência pública sobre questões ambientais segue até a tarde de amanhã (22) no Supremo.

*Com informações do STF 

Edição: Liliane Farias

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA