Momento Jurídico

Gaecos de MT e do PI prendem foragido da Justiça em Diamantino

Publicados

em


.
Foragido há 17 anos da Justiça, Wanderley Ferreira dos Santos foi preso nesta quinta-feira (10), em Diamantino (distante 183 Km de Cuiabá), pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco/MT). O acusado estava foragido desde 2003, em razão de homicídio qualificado praticado contra Luis Martins Filho no estado do Piauí. A prisão foi viabilizada após articulação entre os Gaecos dos dois estados.

O mandado de prisão preventiva cumprido nesta quinta-feira foi expedido pelo  juízo da Comarca de Antônio Almeida (PI), em 2016. De acordo com as investigações, o acusado estava residindo na zona rural de Diamantino. Consta nos autos do inquérito policial, que o crime ocorreu em 11 de outubro de 2003, no interior da Mineradora Ouro Branco. De posse de um facão e de um revólver calibre 38 , Wanderley Ferreira dos Santos é acusado de ter desferido golpes e cinco disparos contra a vítima, ocasionando a sua morte.

Após a prisão, o detido foi apresentado à Delegacia de Polícia Civil de Diamantino para a adoção das providências necessárias.

Fonte:
Leia Também:  Eleições 2020: 95 municípios com mais de 200 mil eleitores poderão ter 2º turno em novembro

Propaganda

Momento Jurídico

Partidos e candidatos são notificados a adotarem medidas de prevenção

Publicados

em


.
O Ministério Público Federal e o Ministério Público do Estado de Mato Grosso notificaram os partidos e candidatos para que observem, durante a campanha eleitoral e as eleições, as medidas higiênico-sanitárias necessárias à prevenção de contágio pelo Coronavírus. A recomendação foi assinada pelo procurador regional Eleitoral, Erich Raphael Masson, e pelo procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira.

Durante a campanha, entre as medidas recomendadas estão a observação aos cuidados sanitários nos comitês ou locais de reuniões político-partidárias e que evitem a promoção de eventos que ocasionem a aglomeração de pessoas como comícios, carreatas, passeatas, caminhadas, reuniões e confraternizações. Caso façam uso desses meios de campanha, que observem as restrições previstas dos Decretos e Pareceres Técnicos emitidos pelo Chefe do Poder Executivo e Secretarias de Saúde Estadual e Municipal, como distanciamento mínimo e uso de máscaras de proteção individual.Também foi solicitada a não utilização e distribuição de materiais impressos como cartilhas, jornais e santinhos. Os candidatos deverão ainda evitar o contato físico com o eleitor.

Para o dia das eleições, a recomendação é que os candidatos evitem levar acompanhantes ao local de votação e também não mantenham contato físico com eleitores, mesários e fiscais. Além disso, deverão observar a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção individual nos locais de votação e se atentar para a vedação de distribuição de qualquer material impresso, nos termos da Lei 9.504/1997 e Resolução do Tribunal Superior Eleitoral 23.610/2019.

Leia Também:  Aplicativo Pardal permite denunciar irregularidades em campanhas

Os procuradores alertam ainda para a necessidade de utilização de espaços amplos e abertos para contato com a imprensa e produção de entrevistas. Além da notificação, os partidos e candidatos também receberam arquivo complementar referente ao “Plano de Segurança Sanitária – Eleições Municipais de 2020” elaborado pelo TSE.

Confira a Notificação e o Plano de Segurança Sanitária do TSE

Fonte:

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA