Momento Jurídico

Outubro Rosa: TSE ilumina suas cúpulas em atenção à prevenção ao câncer de mama

Publicados

em


Em homenagem ao mês de outubro, que marca a campanha de conscientização e prevenção ao câncer de mama e de colo de útero, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mais uma vez, ilumina de rosa suas cúpulas, no intuito de alertar as mulheres sobre a importância que o diagnóstico precoce tem na cura da doença.

Conhecido como Outubro Rosa, o movimento surgiu no Estados Unidos há 30 anos, por meio da famosa Corrida Pela Cura, organizada pela Fundação Susan G. Komen, em que centenas de laços cor-de-rosa foram distribuídos. Pouco depois, a ideia se multiplicou internacionalmente.

Ano após ano, uma série de ações são direcionadas à prevenção a esses cânceres, mostrando como um diagnóstico antecipado pode salvar até 95% de vidas femininas. No Brasil, o movimento existe desde o ano de 2002, tendo incorporado a conscientização do câncer de colo do útero em 2011.

Prevenção

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o primeiro passo para a realização de um diagnóstico precoce é a educação da mulher e dos profissionais de saúde. Os principais sinais e sintomas suspeitos de câncer de mama são: qualquer nódulo mamário em mulheres com mais de 50 anos; nódulo mamário em mulheres com mais de 30 anos, que persistem por mais de um ciclo menstrual; e aumento progressivo do tamanho da mama com a presença de sinais de edema. Todos esses sintomas devem ser investigados imediatamente.

Leia Também:  Dupla é condenada por morte de homem e criança em Rondonópolis

O câncer de mama é o tipo de câncer que mais mata mulheres ao redor do planeta. No Brasil, é a segunda causa de todas as mortes femininas, ficando atrás somente de doenças no sistema respiratório.

Um dos principais motivos para os óbitos é a descoberta tardia da doença e a dificuldade no acesso a novas terapias e tratamentos. Por isso, a detecção precoce é um dos métodos mais eficazes para o diagnóstico e possibilidade de cura da doença.

Autocuidado

Para se cuidar, o primeiro passo é fazer essas perguntas a si mesma: Como tenho me alimentado? Tenho bebido água suficiente? Durmo bem? Fumo? Consumo bebida alcoólica em excesso? Quais são os fatores estressantes em minha vida? O que posso mudar? Como posso responder a eles de forma diferente? Tenho movimentado o meu corpo?

Além de se questionar e de realizar o autoexame com frequência, é essencial estar sempre em dia com os exames médicos.

MS/LC

Fonte: TSE

Propaganda

Momento Jurídico

Jurista Paulo Bonavides morre aos 95 anos

Publicados

em


O constitucionalista Paulo Bonavides morreu hoje (30) aos 95 anos. O anúncio foi feito pelo reitor da Universidade Federal do Ceará, Cândido Albuquerque. Desde 1991, o jurista era professor emérito da instituição, onde lecionou por mais de trinta anos. A causa da morte não foi revelada.

“O mundo perdeu o seu maior constitucionalista! A Universidade Federal do Ceará está de luto! Com muito pesar cumpro o dever de comunicar o falecimento do Prof. Paulo Bonavides”, anunciou Albuquerque no Facebook.

Bonavides deixa sete filhos. Natural de Patos, na Paraíba, ele bacharelou-se em 1948 pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Décadas mais tarde, em 2013, viria a receber pela mesma instituição o título de Doutor Honoris Causa, que lhe foi concedido também por outras quatro universidades, entre nacionais e estrangeiras.

Ele é autor de diversas obras, entre as quais Ciência Política e Curso de Direito Constitucional, tidas como duas das doutrinas brasileiras mais citadas e tradicionais, ambas com dezenas de edições.

Leia Também:  Mais de 500 pessoas participam do projeto Consciência Cidadã

Por seus serviços à advocacia nacional, Bonavides também foi homenageado com a Medalha Rui Barbosa, mais alta distinção distribuída pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Diversas personalidades do mundo jurídico lamentaram a morte de Bonavides, incluindo os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal.

“Tive a grande honra de conviver com o professor Paulo Bonavides. Um dos maiores estudiosos de Constitucional e Ciência Política do Brasil. Inteligente, humilde e extremamente dedicado a seus alunos. Um grande coração e exemplo para todos nós. Que descanse em paz ao lado de Deus”, escreveu Moraes no Twitter.

Também no Twitter, Barroso escreveu que “Paulo Bonavides manteve a chama do constitucionalismo acesa durante a longa noite da ditadura militar. Liderou o movimento pós-positivista no Brasil e era uma pessoa adorável, generosa e de grande senso de humor. Um ser iluminado. A partir de agora, brilhará no firmamento”.

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, também lamentou a morte do jurista. “Paulo Bonavides foi um dos maiores constitucionalistas dos nossos tempos! Perde o Brasil um notável jurista e exemplo ético de cidadão. Tivemos vários encontros em Alagoas, oportunidade em que presidia a OAB! Permanecem suas lições e influência no campo jurídico, consagradas e ao mesmo tempo atuais, capazes de orientar os operadores do Direito nos desafios que se apresentam ao nosso país”.

Leia Também:  TSE transfere ponto facultativo do Dia do Servidor Público para esta sexta (30)

Em nota de pesar, o advogado-geral da União, José Levi, escreveu que o “Direito Constitucional brasileiro perde um dos seus maiores expoentes. Ficam as numerosas obras e ensinamentos. Que esteja na Paz Eterna e que seus familiares tenham o conforto das melhores lembranças”.

Edição: Valéria Aguiar

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA