“Esse foi o primeiro termo do ano e fizemos questão de assiná-lo com a Apae, pois temos conhecimento da importância do trabalho realizado pela Associação. A Apae de Sorriso é uma referência para o Brasil. Sabemos que apenas com esse valor a instituição não consegue se manter, é necessária a ajuda de toda a população. Estamos realizando vários cortes financeiros na Administração Municipal, mas convênios como este nem entraram em discussão, pois reconhecemos os serviços que são prestados àqueles que necessitam da Apae e entendemos ser justo, e necessário, contribuirmos com a manutenção da instituição. Acreditamos que o poder público deve fazer sua parte”, explica o prefeito.

Leia Também:  Colíder informa resultado final de credenciamento na área de Serviço Social

Maria Inês define o repasse financeiro como essencial para a instituição. “Este repasse é fundamental para que possamos fazer o nosso trabalho, pagar as nossas contas e nossos colaboradores. Em ocasiões como esta é que temos a certeza de que não estamos sozinhos. Espero que esta parceria perdure por muitos anos”, afirma a presidente.

Atualmente a Apae do município conta com 210 pessoas matriculadas com idades variadas que vão desde os seis meses até os 60 anos. A presidente da instituição, Maria Inês, destaca que os adultos que frequentam a Associação são pessoas que sempre frequentaram a Apae desde o início da idade escolar.

Conforme Maria Inês, a Associação desenvolve trabalhos voltados para crianças, jovens e adultos portadores de necessidades especiais com a finalidade de articular ações de defesa, direitos, prevenção e inclusão social. A entidade é mantida com o apoio de voluntários e doações por parte de pessoas físicas, jurídicas e governamentais. “Agradecemos o apoio de toda a sociedade sorrisense que sempre abraça as ações desenvolvidas pela Apae no município”, finaliza.

Leia Também:  Em virtude de sua viagem à São Paulo acompanhando Dona Virgínia Mendes Governador MM cancela reunião