Momento Policial

Aeronave é apreendida com quase 300 kg de cocaína durante operação em Poconé

Publicados

em

Uma aeronave foi apreendida com 278,51 kg de cloridrato de cocaína, na zona rural de Poconé (100 km ao Centro-Sul de Cuiabá), neste domingo (1º/08). A ação contou com a participação da Polícia Federal, Grupo Estadual de Segurança na Fronteira (Gefron), Polícia Militar (PM-MT) e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

A aeronave de asa rotativa modelo Robson R44 foi encontrada durante uma operação deflagrada com o objetivo de combater organização criminosa envolvida com tráfico internacional de drogas realizado por via aérea. O esforço conjunto visa à repressão a voos ilícitos de pequenas aeronaves carregadas com drogas oriundas dos países produtores vizinhos.

Ao aproximar das coordenadas, a equipe do Ciopaer visualizou a aeronave R44 de matrícula PT-RMM, parcialmente destruída. Buscas nas proximidades foram feitas, em um raio de 10km, sem êxito na localização de suspeitos. Após pouso eventual e constatação de não haver vítima a bordo nem indícios de pessoas feridas, foi realizada apreensão de toda a substância.

A ação contou ainda com apoio de policiais dos estados de Mato Grosso e Paraná. Diligências continuam para desarticulação de toda a organização criminosa. Os materiais foram encaminhados para a Polícia Federal de Cuiabá, para providências cabíveis.

Leia Também:  Homem é preso pela Polícia Civil após estupro cometido contra filha de seis anos

O prejuízo total ao crime foi estimado em pouco mais de R$ 7 milhões (R$ 7.375.000,00), sendo R$ 6.950.000,00 referentes ao entorpecente e R$ 425 mil relacionado à aeronave.

Fonte: PM MT

Momento Policial

Estelionatária que aplicou golpe em vítimas se passando por advogada é presa pela Polícia Civil

Publicados

em

 

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Uma estelionatária que ludibriou e aplicou golpes em vítimas idosas, em Peixoto de Azevedo (691 km ao norte de Cuiabá), foi presa na quinta-feira (23) pela Polícia Civil.

A mulher trabalhava em um escritório de advocacia da cidade como serviços gerais e aproveitava para abordar clientes se passando por advogada.

Ela prometia aos idosos que os auxiliaria em processos de aposentadoria e, para isso, pedia parte do pagamento antecipado para ingressar com as supostas ações. Depois de receber o dinheiro, a estelionatária sumia. Várias vítimas procuraram a Delegacia da Polícia Civil e relataram os golpes.

O delegado Edmundo Félix de Barros Filho abriu uma investigação e apurou-se que alguns idosos chegaram a fazer empréstimos consignados para que pudessem pagar a golpista.

Depois de reunir vários indícios da prática criminosa, o delegado representou à Justiça pela prisão preventiva da mulher, que foi deferida pelo juízo da Comarca de Peixoto de Azevedo.

Fonte: PJC MT

Leia Também:  Profissionais da Equipe Multidisciplinar de Atendimento de Cuiabá, passam por capacitação para acompanhar pacientes desospitalizados
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA