Momento Policial

Centro de Equoterapia e Equitação da Cavalaria da Policia Militar dobra atendimento a população

Publicados

em

A duplicação da pista do Centro de Equoterapia e Equitação do Regimento Montado da Polícia Militar de Mato Grosso – Cavalaria, dará início ao projeto ‘Efeitos da equoterapia na inclusão social de crianças e adolescente imigrantes’ e a prática de volteio interativo. Noventa famílias passarão a ser atendidas no local.

Os projetos foram lançados na manhã desta quarta-feira (21.07), com a presença do comandante-geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis, que destacou o trabalho ostensivo e a consolidação dos serviços sociais desenvolvidos pela unidade que é o embrião da corporação. Todas as medidas de biossegurança foram tomadas.

“É um orgulho poder fazer parte dos avanços dessa unidade. Com a ampliação da pista, mais famílias poderão ser assistidas com as ações sociais que ajudam no desenvolvimento de tantas crianças de adolescentes”, destacou o comandante.

Na avaliação do comandante da Cavalaria, tenente-coronel Walmir Barros Rocha, a duplicação da pista enriquece ainda mais o corpo da tropa e a identidade do Regimento Montado e caminha diretamente à filosofia de Polícia Comunitária, obedecendo suas doutrinas e aproximando a Polícia Militar dos cidadãos.

Leia Também:  Após troca de informações entre Polícias de MT e RR, suspeito de estupro de vulnerável é preso em Novo Mundo/MT

“Desenvolvemos um trabalho social e oportunizamos ajudar mais pessoas passando de 45 para 90 famílias atendidas na equoterapia. O espaço reúne, em único lugar, o trabalho do Comando Especializado – unidade Cavalaria da PM, aliado ao conhecimento científico da UFMT, em prol do atendimento às crianças que necessitam deste método terapêutico e educacional”.

Foto: SD Elias

A pró-reitora e coordenadora do Centro de Equoterapia da UFMT, Liziane Pereira de Jesus, conta que a unidade desenvolve um trabalho multidisciplinar de cunho filantrópico e prioriza a população de baixa renda.

Ela destacou o projeto ‘Efeitos da equoterapia na inclusão social de crianças e adolescentes imigrantes’ – que beneficia 10 crianças e adolescentes com idade entre 2 e 17 anos.

“O trabalho vem sendo desenvolvido desde 2010 e junto com a Pastoral do Migrante estamos associando essa interação com o cavalo e vem surtindo efeito positivo de socialização com os participantes do projeto”.

Além do cunho social, o Centro de Equoterapia agrega uma série de projetos das mais diversificadas áreas, contribuindo e fomentando o ensino, a pesquisa e a extensão, pilares que orientam a conduta institucional. O espaço é voltado para famílias de baixa renda. Crianças com deficiência ou necessidades especiais são atendidas no espaço gratuitamente.

Leia Também:  A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) capacita servidores sobre construção e análise de indicadores

Participaram da solenidade, o subchefe de Estado Maior, coronel Calor Eduardo Pinheiro da Silva, deputado Ulysses Moares, oficiais, alunos e familiares da equoterapia e sociedade civil organizada.

Foto: SD Elias

Fonte: PM MT

 

Momento Policial

Mulher de 45 anos é pega com caminhonete adulterada em Rondonópolis

Publicados

em

Uma mulher de 45 anos foi conduzida à Delegacia na noite quinta-feira (29.07), pela equipe da 14ª Companhia de Força Tática de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), por adulteração de veículo.

Os policiais foram abordados por duas pessoas, sendo uma delas dizendo ter recebido uma ligação questionando se estaria vendendo uma caminhonete. Ela respondeu que não, mas foi lhe passado o endereço que constava seu nome e dados do seu veículo clonado Ford Siena como sendo uma caminhonete Xenon CC 4×2 preta.

Identificado a irregularidade, os policiais foram até a casa da suspeita, no bairro Pedra 90, ela resistiu em entregar a chave do veículo, mas foi encontrada dentro de outro carro. A caminhonete foi apreendida.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia Também:  Prefeitura de Sorriso entrega mais cobertores à população em situação de rua; Assistência Social também faz doação de roupas para famílias carentes do município
Fonte: PM MT

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA