Momento Policial

Delegados ministram palestras sobre direito do idoso em congresso virtual que reuniu 13 mil pessoas

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Promovido pelo Instituto Federal Kids, Academia da Polícia Civil de Mato Grosso (Acadepol-MT) e outros parceiros, o I Congresso Brasileiro OnLine de Polícia Judiciária e Direito do Idoso contou com a participação de mais de 13 mil pessoas atuantes na área.

O evento virtual, realizado durante das 09 às 17 horas, de sexta-feira (11.09), reuniu autoridades de todo pais e também do exterior contando com a presença de dois delegados de Mato Grosso como palestrantes.

Responsável pelo Núcleo de Atendimento ao Idoso (NAI) em Cuiabá, o delegado Vitor Chab Domingos, ministrou a palestra sobre Violência Contra a Pessoa Idosa. O diretor adjunto da Acadepol, Joaquim Leitão Junior, foi responsável por falar sobre as Tutelas Penais da Pessoa Idosa.

O Congresso destinado em especial a membros da Segurança Públic contou com a participação de mais de 13 mil pessoas e a teve como público principal as equipes das Guardas Municipais de todo o estado do Rio de Janeiro.

O delegado do NAI, Vitor Chab Domingues, destacou a importância deste tipo de evento, uma vez que atualmente 13% da população do Brasil é composta por idosos e em poucos anos, em 2050, este índice subirá para 25%.

Leia Também:  Policiais desconfiam e encontram com suspeito fio de energia tirado de residência em Várzea Grande

“A expectativa de vida do brasileiro está aumentando, aliado ao fato de a pessoa da terceira idade se cuidar, praticar exercícios físicos e não possuir vícios. Devemos lembrar que mesmo com 17 anos do Estatuto do Idoso, a pessoa idosa ainda não tem as políticas públicas aplicadas às mulheres, crianças, adolescentes e ao público LGBT”, disse o delegado.

O delegado destacou ainda a necessidade de policiais realizaram um atendimento especializado a vítima idosa, uma vez que o agente deverá ser uma pessoa paciente e carinhosa.

“São casos muitos delicados investigados pela unidade de atendimento ao idoso, homicídio por negligencia, abandono, omissão de socorro, entre outros fatos que exigem muita expertise dos policiais, além de amor e carinho com as vítimas em situação vulnerável”, disse o delegado.

O delegado citou ainda as parcerias com os Conselhos Municipal e Estadual do Idoso, 34ª, Defensoria Pública, Poder Judiciário, Ministério Público Estadual, nas ações e realizações de palestras em empresas, em especial àquelas que realizam atendimentos às pessoas idosas.

Leia Também:  Polícia Civil e Politec concluem procedimentos de meio ambiente instaurados na Delegacia de Querência

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Polícia Civil prende suspeito e esclarece tentativa de latrocínio com motivação passional

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de uma tentativa de homicídio ocorrida no início do mês de setembro em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (23.09), após ser identificado em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município. A arma de fogo, as roupas e outros objetos relacionados ao crime também foram apreendidos durante cumprimento de buscas nos endereços do investigado.

O crime inicialmente tratado como tentativa de latrocínio ocorreu no dia 05 de setembro na região central de Rondonópolis. Na ocasião, a vítima, de 47 anos, estava em uma motocicleta de alta cilindrada, quando parou no semáforo e foi alvejado por disparos de arma de fogo pelo condutor de outra motocicleta, uma Honda Fan, de cor preta.

A vítima, atingida por um disparo nas costas, foi socorrida e no trajeto para hospital disse que o autor do disparo havia pedido a sua mochila, caracterizando possível tentativa de latrocínio. A equipe da Derf Rondonópolis assumiu as investigações e imediatamente iniciou as diligências para identificar a autoria do crime.

Leia Também:  Polícia Civil solicita boletins de qualidade do ar para averiguar se houve crime de poluição atmosférica

Durante os trabalhos, surgiu uma nova linha de investigação que apontava possível crime de natureza passional, de tentativa de homicídio. Com base na possibilidade, foram colhidas imagens de câmeras de segurança que mostravam o suspeito perseguindo a vítima pela cidade, além de serem realizadas diligências de campo e campanas que resultaram na identificação do principal suspeito do crime.

Diante das evidências, o delegado Santiago Rozendo Sanches, representou pelos mandados de prisão e de busca e apreensão em três endereços ligados ao suspeito, os quais foram deferidos pela Justiça.

Durante o cumprimento das buscas, os policiais apreenderam no interior veículo Volkswagen Gol do investigado, debaixo do banco do motorista, um revólver calibre 38, com seis munições, cinco intactas e uma picotada.

Em outro endereço do suspeito, foram apreendidas mais nove munições intactas e duas deflagradas, além das roupas, capacetes, calçado, uma caixa de entrega preta e vermelha,  utilizados no dia do crime. Os aparelhos celulares do suspeito e da sua esposa também foram apreendidos.

Leia Também:  PRF apreende carga de pneus contrabandeada em Rondonópolis/MT

Após o cumprimento dos mandados, o irmão do suspeito compareceu à Derf e entregou a motocicleta Honda Fan, preta, utilizada no dia do crime, a qual estava com o lacre rompido. Interrogado pelo delegado Santiago Rozendo Sanches, o investigado confessou a autoria da tentativa de homicídio, assim como a motivação passional do crime.

Depois de todos os procedimentos de praxe, o preso será encaminhado para o Penitenciária Regional Major Eldo Sá, a disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA