Momento Policial

Dois carros roubados são recuperados em residência usada para esconder veículos

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Dois veículos roubados região metropolitana de Cuiabá foram recuperados pela Polícia Civil na tarde de quarta-feira (25.11), em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).

Os automóveis, um Corolla de cor branca e outro Honda HRV cinza, foram localizados pelos policiais civis em uma residência no bairro Jardim Guanabara, na Capital.

 

Os investigadores da especializada estavam em diligências quando identificaram o endereço com indícios de ser usado por criminosos para esconderijo e ocultação de veículos roubados e furtados. A casa já vinha sendo monitorada em investigação oriunda da Operação “Imperial”.

No local os policiais civis avistaram por baixo do muro da residência, os dois veículos no interior da casa. 

Em checagem da placa do Corolla foi identificado o nome do proprietário do automóvel e em contato, a vítima informou que estava com o seu carro na região do bairro Porto.

Diante da informação e evidências de se tratar de um veículo roubado ou furtado, a equipe da Derrfva realizou adentramento tático no local e após minuciosa busca na casa foi confirmado que o Corolla estava com a placa adulterada e  constava registro de roubo. O segundo veículo, Honda HRV, também era proveniente de roubo e furto.

Leia Também:  Motociclista é pego dirigindo alcoolizado em Cáceres

Além dos dois veículos, na casa foram encontrados vários materiais para realizar a adulteração de sinal identificador de veículos, como lacres, carimbos e placas de outros veículos roubados/ furtados.

Os veículos foram apreendidos e levados à Derrfva para as providências cabívei. Posteriormente, foram restituídos para as vítimas. As diligências continuam para apuração dos crimes de roubo e adulteração de sinal identificador de veículo automotor e prisão dos autores.

 

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Mais um suspeito é preso pela Polícia Civil por envolvimento em latrocínio de Nova Lacerda

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Mais uma pessoa envolvida em um latrocínio ocorrido no final de dezembro na cidade de Nova Lacerda foi presa pela Polícia Civil. O mandado de prisão foi cumprido pela equipe da Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade.

Nas investigações do inquérito instaurado pelo delegado de Comodoro, Ricardo Marques Sarto, foi identificada a participação de mais um envolvido no crime que vitimou  Ezequias de Lima Rocha, 50 anos, após um roubo ocorrido em uma residência de Nova Lacerda.

O suspeito foi preso em sua residência, em Vila Bela, e depois será encaminhado para unidade prisional em Comodoro. Ele é irmão de um adolescente que foi apreendido em flagrante, no dia do crime.

Para realizar a prisão do suspeito, as equipes da Polícia Civil realizaram vigilância e posterior confirmação da identidade da pessoa com a ordem de prisão.

As investigações do latrocínio seguem com a Delegacia de Polícia de Comodoro. No total, dez pessoas, entre adultos e adolescentes, foram presos ou apreendidos por envolvimento no crime.

Leia Também:  Fugitivo de unidade prisional do Pará é recapturado pela Polícia Civil

Crime

No dia 30 de dezembro, um grupo invadiu uma residência em Nova Lacerda e rendeu diversas pessoas. Uma das vítimas foi amarrada e serviu de escudo para que os suspeitos entrassem em outra casa que fica no mesmo lote.

Uma das vítimas reagiu ao roubo e no momento em que fez o disparo contra os criminosos, um dos suspeitos atirou na outra vítima que encontrava-se amarrada. Em seguida, os criminosos fugiram do local levando aparelhos celulares, carteiras, munições e dinheiro.

A vítima, Ezequias de Lima Rocha, 50 anos, foi encaminhada para uma unidade de saúde, mas não resistiu ao ferimento.

Investigação

Durante as diligências realizadas logo após o crime foram conduzidos à delegacia da Polícia Civil um grupo de adultos e menores de idade, sendo que sete deles foram autuados em flagrante pelo crime. Diante da materialidade e a gravidade do crime cometido, as prisões em flagrante dos adultos foram convertidas em preventiva. Três dos adolescentes que estavam envolvidos diretamente no latrocínio tiveram a internação deferida pela Justiça.

Leia Também:  PM prende segundo suspeito da morte de líder comunitário rural em Jaciara

Nas investigações conduzidas pelo delegado Ricardo Sarto, mais dois menores de idade foram citados como suspeitos de fazerem parte da quadrilha que cometeu o latrocínio. Foi requerida apreensão, deferida pelo Poder Judiciário e os adolescentes foram apreendidos na semana passada nas cidades de  Conquista d’Oeste e Nova Lacerda.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA