Momento Policial

Foragido por tentativa de homicídio no Paraná revida abordagem e morre em Nova Guarita

Publicados

em


.

Policiais militares do 22º Batalhão de Peixoto de Azevedo identificaram nesta quarta-feira (05.08) um homem foragido da justiça no Paraná. Para evitar ser abordado, ele atirou nos policiais que revidaram. O procurado morreu no Pronto Socorro de Nova Guarita (a 697 km de Cuiabá).

A informação descrevia que o homem estaria em uma propriedade rural. Para certificar a denúncia, os agentes encontraram em contato com a Polícia Judiciária Civil da cidade de São Miguel do Iguaçu, no Paraná que confirmou que o criminoso era de alta periculosidade e procurado por duas tentativas de homicídios contra sua ex-mulher e ex-sogra. Ele fugiu da delegacia.

Já em Mato Grosso, os policiais descobriram que ele já tinha sido detido também por tentativa de homicídio e várias situações de Maria da Penha, todas contra a atual esposa.

Devido à longa ficha criminal foi montado um cerco na propriedade. Na primeira situação, ele conseguiu fugir, mas antes ainda atirou nos policiais.

Já ontem, a sua mulher ainda gritou para ele correr que a polícia estava chegando. Na varredura pela área de mata, ele foi localizado e dito para se entregar, porém não atendeu e iniciou uma sequência de tiros na direção dos agentes que revidaram. Foi apreendido um revólver calibre 38, com três munições deflagradas e duas intactas e uma faca.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão de suspeito de morte de adolescente em Guiratinga

Ainda com vida, ele foi encaminhado ao Pronto Socorro de Nova Guarita, aonde veio a óbito.

Devido à ocorrência terminar com a morte do suspeito, o caso será acompanhado pela Polícia Judiciária Militar que irá apurar os fatos.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Propaganda

Momento Policial

Polícia Civil cumpre prisão de suspeito de morte de adolescente em Guiratinga

Publicados

em


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil do município de Guiratinga (328 km ao sul de Cuiabá) efetuou a prisão do principal suspeito de matar uma adolescente de 16 anos. O rapaz de 24 anos foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária decretado pela Comarca do município pelo crime de homicídio qualificado (feminicídio).

A menor Ketrin Antunes de Lima desapareceu no dia 30 de agosto. Desde então, os policiais civis da Delegacia de Guiratinga iniciaram as diligências ininterruptas para esclarecer o crime.

No dia 03 de setembro, o corpo da vítima foi localizado em um prédio abandonado no bairro Tancredo Neves, já em estado avançado de decomposição. 

Durante investigação a equipe realizou várias oitivas e diligências, e todas as evidências indicando como principal suspeito o rapaz com quem a menor estava se relacionando. 

O jovem foi interrogado na Delegacia de Guiratinga, e durante depoimento entrou em contradição por diversas vezes,  sendo também percebido que ele tentava atrapalhar as investigações.

Diante dos indícios de autoria, a Polícia Civil representou pelo pedido de prisão temporária do suspeito.  Com a ordem de prisão expedida pela Justiça, os policiais civis efetuaram a prisão do suspeito na tarde de sexta-feira (19), em uma fazenda na zona rural de Guiratinga. 

Leia Também:  Companhia da Polícia Militar em Aripuanã inaugura novo prédio

Conduzido para delegacia o suspeito foi novamente ouvido e negou as acusações. Em conformidade ao mandado, o preso foi encaminhado para uma unidade prisional onde ficará à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA