Momento Policial

Força Tática desarticula quadrilha e apreende maconha, dinheiro e armas

Publicados

em

Policiais da Força Tática prenderam uma quadrilha denunciada por roubo de veículos, na quinta-feira (16.09), na capital. Na ação, quatro pessoas foram presas, a Polícia Militar apreendeu ainda dois revólveres, maconha e dinheiro.

Durante patrulhamento, a equipe da Força Tática recebeu a denúncia de que integrantes de uma quadrilha de roubo de veículos que atua na capital estaria reunida em uma residência, no bairro João Bosco Pinheiro. Diante das denúncias, os policiais mobilizaram mais viaturas para dar apoio na ocorrência e foram até o endereço apontado pelo denunciante.

Na diligência, os policiais se aproximaram da casa e verificaram um dos suspeitos deixando o imóvel. O homem foi abordado pela PM e as equipes identificaram mais pessoas dentro da residência. Três dos suspeitos acataram a ordem policial de colaborar com a abordagem, outro suspeito correu em direção a uma região de mata, nos fundos da casa.

Os policiais perceberam que o homem que fugia estava com uma arma de fogo em mãos e ordenaram que ele se entregasse, mas o suspeito continuou fugindo e ainda efetuou disparos contra os policiais, que revidaram a ação.

Leia Também:  PRF e INDEA-MT realizam operação de combate ao transporte de madeira ilegal em Rondonópolis-MT

O homem que tentava fugir foi capturado e teve a arma de fogo apreendida. Como ele estava ferido, foi encaminhado pela Policia Militar ao Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). Horas depois, os policiais foram informados pela equipe médica que o suspeito havia falecido na unidade.

Durante checagem na residência, os policiais apreenderam duas armas de fogo cal 357, munições calibres 32 e 357, porções de maconha e dinheiro. Três homens e uma mulher foram presos por tráfico de entorpecentes, resistência, posse irregular de arma de fogo e formação de quadrilha. A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil.

Fonte: PM MT

Momento Policial

PRF localiza mercadorias transportadas de forma ilegal na cidade de Rondonópolis-MT

Publicados

em


Na última sexta-feira, durante suas abordagens, a PRF em Rondonópolis constatou três ocorrências do crime de transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal.

Duas ocorrências aconteceram aproximadamente às 09 horas da manhã quando policiais abordaram um ônibus que fazia a linha Cascavel-PR x Alta Floresta-MT.

Ao ser fiscalizado o bagageiro, a equipe policial encontrou 14 caixas de essência para narguilé despachadas por uma determinada empresa. Em rápida conferência da nota fiscal e dos produtos, constatou-se que a mercadoria possui alto valor comercial, muito acima do declarado na nota.

Continuando na fiscalização, os policiais localizaram, também, mais duas caixas com mercadorias diversas e ao consultar a nota fiscal foi constatado que o valor declarado era de R$ 500,00. Em rápida conferência em sites da internet, verificou-se que a mercadoria nas caixas possuía alto valor de mercado, muito acima do declarado no documento fiscal. Tanto o remetente, uma mulher de 34 anos, quanto o destinatário, outra de 31, foram enquadradas no crime de transporte de mercadoria sem nota fiscal.

A última ocorrência aconteceu por volta das 14 horas, quando os policiais abordaram um caminhão-baú, conduzido por um homem de 32 anos. Em fiscalização às mercadorias localizadas no interior do veículo, foram encontradas três caixas e quatro sacos com produtos diversos (roupas e objetos eletrônicos). Ao ser indagado a respeito das notas fiscais, o motorista simplesmente informou que não as possuía. Declarou ainda, que quando passava por Mato Grosso do Sul, um desconhecido ofereceu determinada quantia para ele levar os produtos até Cuiabá-MT.

Todas as mercadorias apreendidas foram encaminhadas para a SEFAZ-MT para a realização dos procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Leia Também:  Polícia Civil prende autor de arrombamentos de veículos e furtos de estepes em Cuiabá
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA