Momento Policial

Homem é preso e PM descobre droga enterrada no quintal da casa onde funcionava boca de fumo

Publicados

em


.

Policiais da Companhia de Polícia Militar do bairro Três Barras, unidade do 3º Batalhão, prenderam um homem de 23 anos e descobriram que ele armazenava a droga da boca de fumo que chefiava em um buraco no quintal da casa onde mora.

Essa ação ocorreu na tarde desta sexta-feira (14.08), no residencial Jonas Pinheiro III, em Cuiabá. A PM recebeu informações sobre a presença de um homem na frente de uma moradia comercializando droga. Uma equipe foi até o local e abordou o suspeito.

Com ele havia apenas três porções, isso porque o estoque de entorpecente, um tablete de maconha, estava enterrado no quintal. Já dentro da casa, além de droga, mais meio tablete, foram apreendidas mais porções, uma balança de precisão e R$ 94.

A esposa do suspeito, que também estava no local, disse que trabalha vendendo cachorro-quente e que desconhecia as atividades criminosas do marido. Ele, por sua vez, reafirmou o que a esposa disse e assumiu para sim a responsabilidade do crime de tráfico.

Leia Também:  Companhia da Polícia Militar em Aripuanã inaugura novo prédio

O suspeito, a droga e demais produtos apreendidos foram levados para a Central de Flagrantes do Cisc Verdão, em Cuiabá.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Propaganda

Momento Policial

Polícia Civil apura desmatamento com derrubada de castanheira no norte de MT

Publicados

em


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Em diligências na região norte do Estado nesta semana, policiais civis da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) comprovaram a existência de mais uma área com desmatamento ilegal, inclusive com derrubada de árvores protegidas pela legislação.

O crime ambiental foi constatado em uma área no município de Cláudia (620 km ao norte de Cuiabá) e a delegacia foi comunicada por fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e do Indea-MT que estão em atuação na região.

A equipe da Delegacia de Meio Ambiente foi até o local, junto com peritos da Politec para checar a denúncia recebida e coletar provas. Entre as árvores derrubadas na área, os policiais encontraram uma castanheira que media, aproximadamente, 30 metros.

Após a coleta de evidências materiais e a realização da perícia, a Dema vai instaurar inquérito policial para investigação do crime ambiental e dar sequência às diligências necessárias para esclarecimento do delito.

De acordo com a delegada titular da Dema, Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino, há evidências de crimes ambientais, entre eles o crime, em tese, de desmate ilegal da área e também será apurado se houve eventual fraude na requisição junto à Sema dos pedidos de autorização de desmate e de queima. “Será apurado se houve subterfúgio no intuito de obter a licença no órgão ambiental, com omissão por parte do solicitante de que a área era de castanheira”, explicou a delegada.

Leia Também:  PM recupera dois veículos depois de vizinho desconfiar de atitude de moradores

A derrubada e corte da castanheira são proibidos, uma vez que a espécie é ameaçada de extinção. A castanheira é uma das árvores mais altas do bioma amazônico, chega a viver 500 anos e pode atingir até 50 metros, o que corresponde à altura de um prédio de 16 andares.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA