Momento Policial

Homem investigado por homicídio ocorrido no bairro São Matheus tem prisão cumprida

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) cumpriu nesta sexta-feira (26) a prisão temporária de um homem de 29 anos investigado por um homicídio ocorrido em julho do ano passado, em Várzea Grande. Ele se apresentou na delegacia, onde foi cumprida a ordem judicial.

No inquérito instaurado pelo delegado Caio Fernando Albuquerque para apurar o homicídio de Fernando Ferreira Cavalcante, 33 anos, foram apuradas evidências que apontam para o investigado, cuja prisão foi representada à Justiça e deferida pela 1ª Vara Criminal de Várzea Grande.

A vítima foi encontrada já sem vida, na madrugada do dia 12 de julho do ano passado, no quintal de uma casa no bairro São Matheus. O corpo apresentava diversos ferimentos no rosto, em tese, provocados por pedras que foram localizadas próximas à vítima.

Investigação 

Em diligências, a equipe da DHPP apurou que momento antes ao homicídio, Fernando teve uma discussão banal com o investigado, que foi interrompida por uma testemunha. A testemunha informou à Polícia Civil que após Fernando beber, ele o chamou para ir embora, mas ele ficou dormindo na área da casa de um conhecido e disse que ficaria ali mesmo, porque estava alcoolizado e ia dormir.

Leia Também:  Rapaz é pego com mostruário de bijuteria furtado de loja

Depois, a testemunha se dirigiu a outra casa na vizinhança e mais tarde foi informada de que a vítima foi encontrada morta no quintal da residência onde havia ficado dormindo.

A equipe da DHPP apurou ainda que o investigado pelo homicídio foi visto correndo da casa onde a vítima foi encontrada morta e depois não foi mais encontrado no bairro.

Informações coletadas pela Polícia Civil apuraram ainda que na semana em que ocorreu o crime, vítima e investigado tiveram outra discussão, que evoluiu para uma tentativa contra a vida de Fernando, com emprego de uma faca grande cozinha, seguida de ameaças.

Diante das evidências, exames periciais e oitivas de testemunhas, o delegado Caio Albuquerque representou pela prisão do investigado, a fim de angariar outras informações fundamentais ao esclarecimento do homicídio qualificado, que foi cometido por motivo fútil, sem possibilidade de defesa da vítima. 

Exame de necropsia apontou que a vítima, além de ter o rosto desfigurado em função das pedradas sofridas, também sofreu asfixia decorrente do trauma facial, o que causou sofrimento respiratório, o que caracteriza morte por meio cruel.  

Leia Também:  PRF prende mulher com mandado de prisão pela prática de diversos crimes

Após o cumprimento da prisão, o investigado foi encaminhado para audiência de custódia no Fórum da Capital.

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Suspeito de estuprar e agredir vítima por mais de 10 horas é preso em flagrante pela Polícia Civil em Sorriso

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso (442 km ao norte de Cuiabá) prendeu em flagrante neste sábado (17.04), um homem apontado como autor de crime de estupro e cárcere privado ocorrido durante a madrugada no município. O suspeito, de 21 anos, é vizinho da vítima e a manteve refém por quase 12 horas enquanto praticava os abusos e agressões.

As diligências iniciaram após a vítima, de 25 anos, comparecer à Delegacia de Sorriso, visivelmente abalada e com vários hematomas pelo corpo para comunicar o crime. A comunicação ocorreu logo após ser libertada pelo agressor. Segundo as informações, o suspeito pulou o muro da sua casa por volta de meia noite e meia,  e em posse de uma faca a ameaçou, agrediu fisicamente e obrigou a vítima a manter relações sexuais no período em que permaneceu dentro da residência.

Além do abuso sexual, a vítima foi agredida com socos, tapas e mordidas, a todo tempo sendo ameaçada com a faca. O suspeito ainda filmou a vítima e disse que publicaria os vídeos nas redes sociais, caso fosse denunciado.

Leia Também:  Com estratégia, policiais conseguem render traficantes no bairro Porto

O suspeito manteve a vítima em cárcere até 11 horas deste sábado (17), momento em que ela conseguiu convencê-lo de que não iria o denunciar e que deveria liberá-la.

 Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Delegacia de Sorriso, coordenada pelo delegado José Getúlio Daniel iniciou as diligências em buscas do suspeito, conseguindo realizar sua prisão em flagrante.  O suspeito foi flagrando com a motocicleta da vítima no estacionamento de um supermercado da cidade.

Ele foi conduzido à Delegacia de sorriso e após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA