Momento Policial

Homem que não aceitava término de relação é preso em flagrante por ameaças à vítima e sua família

Publicados

em


Camila Molina/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito fazer ameaças à mulher com quem tinha um relacionamento foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (06.05), após a vítima procurar a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG).

O suspeito foi autuado em flagrante em situação de violência doméstica e familiar, sendo representado pela conversão da prisão em flagrante em preventiva, uma vez que havia vários elementos que apontavam a possibilidade de progressão criminosa.

A vítima compareceu a Delegacia de Mulher de Várzea Grande, na manhã desta quinta-feira (06.05), relatando que teve um relacionamento extraconjugal com o suspeito por seis anos e havia rompido com ele em janeiro deste ano. Segundo a comunicante, ele não aceitava o término da relação e continuava a procurá-la para manter os encontros.

Em relação aos fatos ocorridos nesta data, a vítima relatou que estava em uma farmácia na companhia do seu esposo quando o suspeito bateu na janela do carro, abriu a porta e iniciou uma discussão a três, ocasião em que a ameaçou de morte e externou ameaças contra toda a sua família.

Leia Também:  Governador Mauro Mendes assina promoção de policiais militares em Mato Grosso

Após os fatos, a vítima e o esposo foram até o local de trabalho do filho onde novamente o suspeito apareceu e efetivou ameaças de morte contra todos. Com base nas informações passadas pela vítima e demonstração de que está em sofrimento psíquico intenso com as condutas do suspeito, a equipe da DEDMCI foi até o local em que ele estava e realizou a sua prisão em flagrante.

O suspeito foi levado para a Delegacia da Mulher, onde após ser interrogado pela delegada Mariell Antonini Dias foi autuado em situação de violência doméstica e familiar contra a mulher. Ao final, a delegada representou pela conversão do flagrante em preventiva.

“Ao preenchermos o formulário nacional de avaliação de risco verificamos que estão presentes várias situações potencializadoras do risco, podendo haver progressão criminosa subsidiariamente, solicitamos a aplicação de medida cautelar diversa da prisão consistente em monitoração eletrônica, para que não se aproxime da vítima ou de qualquer familiar dela”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

PM prende suspeitos com meia tonelada de defensivos agrícolas e R$ 13 mil em Sinop

Publicados

em


Neste domingo(20) policiais militares prenderam dois homens com 500 quilos de defensivos agrícolas contrabandeados, em Sinop. Com os suspeitos, a Polícia Militar apreendeu dois veículos, rádios comunicadores,   e R$ 13 mil em cheques. O produto irregular  teria saído de Cuiabá para ser entregue no município neste fim de semana.

Por volta das 11 horas, policiais militares receberam informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de que os veículos S10 e Fiat Strada que estavam  transportando produtos ilícitos vindos de Cuiabá. Diante da denúncia, a equipe da Polícia Militar montou uma barreira policial na rodovia de acesso à cidade de Ipiranga do Norte.

Os dois veículos foram visualizados e abordados pela PM nas proximidades do aeroporto de Sinop.  No momento da checagem, o motorista do carro Fiat Strada e da camionete S10 demostraram nervosismo e repostas desconexas.

Durante  minuciosa dos dois veículos, os policiais militares encontraram na camionete 23 sacos grande de Benzoato; total de  500 quilos do defensivo agrícola, carga avaliada em aproximadamente R$ 500 mil . O motorista do veículo não tinha nota fiscal do produto.

Leia Também:  Carreta e motocicleta são recuperados em Rondonópolis e Alto Garças

O motorista do veículo Fiat Strada relatou à PM que foi contratado pelo condutor da camionete para fazer o serviço de ‘ batedor ’  de Cuiabá até Sinop por R$ 1,5 mil. O batedor no crime vai na frente de um  veículo que transporta algum produto ilícito para avisar o condutor  sobre possíveis  barreiras e fiscalizações policiais no trajeto. Com os suspeitos, a PM apreendeu rádios comunicadores e R$ 13 mil em cheques.

O condutor da camionete S10 relatou aos policiais que receberia R$ 10 mil para realizar o transporte do produto ilegal até Sinop, para evitar abordagem policial, a dupla disse que pegou caminhos alternativos passando pela região de Diamantino, São José do Rio Claro e Ipiranga do Norte.

O motorista da S10 já tem passagem pela polícia por crime de contrabando, ele foi preso no ano de 2017 com roupas contrabandeadas da Bolívia. Os dois homens foram presos e os sacos com os defensivos agrícolas contrabandeados foram apreendidos.

 A ocorrência foi entregue à Delegacia de Polícia Judiciária Civil.

Leia Também:  Após investigação da Polícia Civil de MT e inclusão em sistema da Interpol, foragido por latrocínio é preso em Portugal
Fonte: PM MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA