Momento Policial

Mais de 200 baterias furtadas de estações de telefonias são recuperadas pela Polícia Civil em depósito, na Capital

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá (DERF) recuperou na nesta terça-feira (13.04), 226 baterias estacionárias que foram furtadas de estações repetidoras de telefonia das empresas OI, Vivo, TIM e Claro. O material recuperado está avaliado em aproximadamente R$ 250 mil.

Conforme apuração da equipe da DERF Cuiabá, as baterias foram furtadas em diversos municípios do interior do estado e na região metropolitana de Cuiabá e foram localizadas em uma distribuidora de baterias localizadas na Capital.

O gerente de depósito foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada e após procedimentos policiais na delegacia, foi encaminhado para audiência de custódia.

As baterias foram devidamente reconhecidas e devolvidas às empresas de telefonia. As investigações da DERF continuam para identificação dos autores dos furtos e pretensos receptadores.

Fonte: PJC MT

Leia Também:  Denúncia de disparos de arma de fogo resulta em prisão de dois homens em Nossa Senhora do Livramento
Propaganda

Momento Policial

Polícia Civil recupera equipamento furtado de empresa de telefonia avaliado em R$ 450 mil

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um equipamento de fornecimento de internet por fibra ótica furtado de uma empresa de telefonia e avaliado em R$ 450 mil foi recuperado pela Polícia Civil, nesta terça-feira (12.05), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

O equipamento foi localizado em uma empresa que fornece serviços de internet em Várzea grande com aproximadamente 600 clientes na cidade.

A recuperação ocorreu após a equipe de policiais da Derf-VG receber denúncia de que o equipamento furtado no último dia 09 de maio estava em um comércio na em Várzea Grande. Imediatamente, os policiais foram apurar a denúncia encontrando o equipamento da empresa de telefonia no estabelecimento.

O proprietário do comércio colaborou com os investigadores, indicando o nome da pessoa que deixou o equipamento no local e disse que estava esperando ser apresentada a nota fiscal do produto para depois colocar a venda, comprar ou utilizar o equipamento.

Com base nas informações passadas, os policiais foram até a residência do suspeito onde ele foi localizado. Questionado, ele confirmou que furtou o referido equipamento da empresa de telecomunicações.

Leia Também:  Força Tática evita roubo e apreende adolescentes com réplica de pistola em Sorriso

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido a Derf-VG e após interrogado pelo delegado André Eduardo Ribeiro, irá responder pelo crime de furto qualificado pelo rompimento de obstáculos, podendo pegar pena de dois a oito anos de reclusão.

“O equipamento é usado por uma empresa terceirizada para fornecimento de Internet por fibra ótica e não são vendidos em comércios, vindo de fábrica direto para empresa, o que facilita a sua identificação”, explicou o delegado.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA