Momento Policial

Mulher é presa em flagrante pela Polícia Civil após abrir contas em nome de vítima autista para aplicar golpes

Publicados

em

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Especializada de Estelionato e Outras Fraudes prenderam nesta quinta-feira (16), em Cuiabá, uma mulher por estelionato e abuso de incapaz.

A equipe da Delegacia de Estelionatos iniciou as diligências para apurar informações relatadas pelo pai de um rapaz de 23 anos, que tem transtorno do espectro autista, que passou à suspeita seus documentos pessoais para que fosse aberta contas bancárias virtuais. A vítima foi também ludibriada de que trabalharia para a suspeita e receberia um salário mínimo.

Foram abertas três contas bancárias no nome do rapaz e a suspeita ainda pediu a ele que não dissesse nada das contas a outras pessoas.

Como parte do golpe, a suspeita utilizou outro endereço diferente ao da vítima, para que pudesse receber os cartões vinculados às contas.

A partir das informações, a equipe da Estelionatos conseguiu localizar a suspeita, que foi presa e autuada em flagrante pelo delegado Marcelo Carvalho pelos crimes de estelionato e abuso de incapaz.

O delegado destaca que a unidade policial está apurando se as contas abertas pela suspeita seriam utilizadas para recebimento de transações bancárias oriundas de estelionato.

Leia Também:  Adolescente é apreendido após ser abordado guiando uma motocicleta em MT

Fonte: PJC MT

Momento Policial

PRF localiza mercadorias transportadas de forma ilegal na cidade de Rondonópolis-MT

Publicados

em


Na última sexta-feira, durante suas abordagens, a PRF em Rondonópolis constatou três ocorrências do crime de transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal.

Duas ocorrências aconteceram aproximadamente às 09 horas da manhã quando policiais abordaram um ônibus que fazia a linha Cascavel-PR x Alta Floresta-MT.

Ao ser fiscalizado o bagageiro, a equipe policial encontrou 14 caixas de essência para narguilé despachadas por uma determinada empresa. Em rápida conferência da nota fiscal e dos produtos, constatou-se que a mercadoria possui alto valor comercial, muito acima do declarado na nota.

Continuando na fiscalização, os policiais localizaram, também, mais duas caixas com mercadorias diversas e ao consultar a nota fiscal foi constatado que o valor declarado era de R$ 500,00. Em rápida conferência em sites da internet, verificou-se que a mercadoria nas caixas possuía alto valor de mercado, muito acima do declarado no documento fiscal. Tanto o remetente, uma mulher de 34 anos, quanto o destinatário, outra de 31, foram enquadradas no crime de transporte de mercadoria sem nota fiscal.

A última ocorrência aconteceu por volta das 14 horas, quando os policiais abordaram um caminhão-baú, conduzido por um homem de 32 anos. Em fiscalização às mercadorias localizadas no interior do veículo, foram encontradas três caixas e quatro sacos com produtos diversos (roupas e objetos eletrônicos). Ao ser indagado a respeito das notas fiscais, o motorista simplesmente informou que não as possuía. Declarou ainda, que quando passava por Mato Grosso do Sul, um desconhecido ofereceu determinada quantia para ele levar os produtos até Cuiabá-MT.

Todas as mercadorias apreendidas foram encaminhadas para a SEFAZ-MT para a realização dos procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Leia Também:  Prefeitura de Sorriso investe em caminhão especial para pintura de vias
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA