Momento Policial

Patrulha Maria da Penha da PMMT participa de curso nacional promovido pelo Ministério da Justiça

Publicados

em

 

A coordenadora Estadual da Patrulha Maria da Penha da Polícia Militar, tenente-coronel Emirella Martins foi uma das participantes do “Curso Nacional de Capacitação para Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e Familiar”. A capacitação foi oferecida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), em Brasília.

O curso faz parte das estratégias do Governo Federal para aprimorar o atendimento e acolhimento as vítimas de violência doméstica e familiar e reuniu entre os dias 20 e 24 deste mês, policiais militares e bombeiros de todo o país.

Representado a Polícia Militar de Mato Grosso, a tenente-coronel Emirella Martins, coordenadora estadual da Patrulha Maria da Penha, ressalta que a experiência permitiu a ela aprimorar os conhecimentos sobre temáticas de prevenção e enfrentamento à violência praticada contra a mulher, por meio de aulas ministradas por especialistas em relações de gênero e novas ferramentas e atuação de acordo com a legislação.

“A troca de experiência entre os Estados enriqueceu muito o curso. Ouvimos boas práticas de polícias militares que podem ser implementadas em nosso estado e outras que corroboram com o trabalho que já estamos realizando em Mato Grosso. Ainda há muito por fazer, mas estamos no caminho certo e, à medida em que os apoios se efetivem, conseguiremos proteger mais mulheres e ajudar mais famílias,” destacou a tenente-coronel.

Leia Também:  Polícia Civil prende líderes de grupo criminoso investigado por dezenas de homicídios em Rondônia

Tenente- coronel Emirella Martins destacou que as ações do Programa Patrulha Maria da Penha realizadas pela PM não cessam. “Em Mato Groso, a Polícia Militar intensificou as ações com o efetivo de mais de 2.044 policiais, por meio da Operação Nacional Maria da Penha, entre 20 de agostos e 20 de setembro. Na operação, os nossos policiais realizaram mais de 3.836 atendimentos relacionados a violência doméstica, mais de 1.190 mulheres foram atendidas especificamente pelas equipes da Patrulha Maria da Penha da PMMT”, explicou Emirella.

Neste primeiro semestre de 2021, a Patrulha Maria da Penha da PMMT já realizou mais de 6 mil atendimentos a mulheres vítimas de violência doméstica. Nesse período, não houve registro de feminicídio entre as assistidas pelo programa no Estado.

A Patrulha atuou em 36 descumprimentos de medidas protetivas, efetuando 12 prisões dos agressores em flagrante delito e a comunicação aos juízes competentes nos demais casos. Receberam a visita solidária 1.257 mulheres. Total de 1.558 visitas realizadas pelos policiais do programa da PM.

Fonte: PM MT

Momento Policial

PRF recupera veículo em Rondonópolis-MT

Publicados

em


No dia 24 de outubro, por volta das 20 horas, uma equipe da PRF realizava rondas no trecho da BR 364, entre as cidades de Pedra Preta-MT e Rondonópolis, quando visualizou um automóvel Honda Civic, de cor branca, que seguia sentido Rondonópolis.

Foi dada ordem de parada ao veículo, e solicitada a documentação ao motorista, nesse momento, sendo constatado que o automóvel era dirigido por uma mulher de 36 anos. A abordada informou que tinha saído de Rondonópolis e que o carro pertencia a uma amiga. Segundo ela, foi até Coxim-MS para visitar uma tia que faz tratamento de câncer e estava retornando.

Em análise aos elementos identificadores do veículo, foi constato indícios de adulteração com a utilização de instrumento abrasivo e posterior remarcação nas numerações do chassi e motor. Os policiais verificaram os demais elementos identificadores e foi possível descobri a real identidade do Civic, qual seja, um automóvel com ocorrência de Roubo na cidade do Rio de Janeiro, em 21 de outubro deste mês.

No interior do veículo foram localizados diversos ticket(s) de pedágio, os quais contradizem a história contada pela conduzida, pois comprovam a passagem em diversos postos de pedágio no interior da cidade de São Paulo, na data da ocorrência.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão a mulher pelo crime de receptação.

Ela foi apresentada na Delegacia da Polícia Civil de Rondonópolis para a realização dos procedimentos legais de praxe.

Fonte: PRF MT

Leia Também:  Encontro em Sorriso discute fortalecimento e regularização dos Conselhos de Segurança
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA