Momento Policial

PM ativa 27º Batalhão Fazendário e fortalece parceria com Sefaz

Publicados

em


Nesta sexta-feira (16.10), as 8h, ocorre a solenidade de ativação e oficialização do 27º Batalhão da Polícia Militar Fazendário, o BPMFaz. Sediado na área onde funciona a Secretaria de Fazenda (Sefaz), no Centro Político Administrativo (CPA), o BPMFaz foi instituído pelo decreto estadual 563, de setembro deste ano.

O Batalhão é um órgão integrante da Polícia Militar vinculado administrativo e operacionalmente à Assessoria Militar da Sefaz, conforme prevê o artigo 21, inciso VII, da Lei Complementar 386/2020.

A formalização dessa unidade militar é resultado da parceria que já vinha sendo desenvolvida pelo Governo do Estado, por meio da Sesp/PMMT e Sefaz, visando apoio e fortalecimento das ações de fiscalização da Secretaria de Fazenda em Mato Grosso.

Na solenidade desta sexta-feira, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, juntamente com o governador Mauro Mendes, darão posse ao comandante do BPMFaz, tenente-coronel Waldir Félix Oliveira Paixão Júnior.

Fonte: PM MT

Leia Também:  Policiais prendem homem que agrediu esposa e ameaçou outra vítima com facão e machado
Propaganda

Momento Policial

Polícia Civil prende um dos principais alvos de investigação sobre furto e roubo de gado na região metropolitana

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) cumpriram nesta terça-feira (27) a prisão preventiva contra um dos principais alvos da Operação Mahyas, deflagrada em agosto deste ano contra uma organização criminosa envolvida em roubo, furto e receptação de gado em municípios da Baixada Cuiabana.

O homem, de 46 anos, foi localizado na Capital pela equipe policial coordenada pelo delegado Ruy Guilherme Peral. Conforme investigações da Derf Cuiabá, o alvo foi identificado como o responsável pela logística de transporte, ocultação, abate e revenda da carne dos animais roubados e furtados.

A operação Mahyas foi deflagrada no início de agosto para cumprimento de 53 ordens judiciais, entre prisões, buscas, apreensões e sequestro de bens contra alvos da organização criminosa que teve atuação identificada em várias cidades da região metropolitana de Cuiabá. Durante a operação também foram suspensas as atividades comerciais de três açougues que vendiam carnes de animais provenientes de abatedouros clandestinos.

Os mandados referentes aos crimes de organização criminosa, roubo majorado e furto qualificado foram cumpridos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Jangada, Barra do Bugres e Nova Mutum. As ordens judiciais foram deferidas pela 7a Vara Criminal de Cuiabá.

Leia Também:  Policiais prendem homem que agrediu esposa e ameaçou outra vítima com facão e machado

As investigações da Derf Cuiabá iniciaram há aproximadamente um ano, devido à complexidade dos trabalhos na zona rural. De acordo com os levantamentos, a atuação da organização criminosa causou um prejuízo de mais de R$ 3 milhões para as vítimas.

Para praticar os crimes, o grupo criminoso rendia moradores e funcionários das propriedades, os mantendo em cárcere privado até realizarem o roubo dos animais, deixando o local somente após o gado ser desembarcado no local em que ficaria escondido.

A expressão ‘mahyas’ é uma das origens da palavra  máfia.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA