Momento Policial

Policia Militar realiza cerimônia fúnebre durante enterro de PM mais antigo do estado de Mato Grosso

Publicados

em

É com pesar que a Polícia Militar de Mato Grosso informa o falecimento do soldado reformado Argemiro do Nascimento, de 103 anos de idade, na terça-feira (20.07), em Lucas do Rio Verde. O militar faleceu de morte natural, em casa, ele era o policial de maior idade da instituição.

Nascido no ano de 1917, na cidade de  Diamantino, soldado Argemiro do Nascimento entrou no 02 de março de 1935 para a Polícia Militar, e serviu a corporação militar por 85 anos. O soldado era um dos policiais mais antigos da instituição, ele chegou a trabalhar na época do 14 º Batalhão em Cuiabá, e nas unidades da PM nos munícipios de Nobres, Diamantino, Alto Paraguai e Rosário Oeste.

Depois de servir ao Exército Brasileiro, o soldado Argemiro ingressou na Polícia Militar. Ele fazia questão de contar a sua experiência e que chegou a ser convocado para atuar na Segunda Guerra Mundial. Na época, soldado Argemiro ficou de prontidão e chegou até a se apresentar no quartel, mas não foi lutar na guerra, pois o conflito já havia acabado.  

Leia Também:  Prefeito Emanuel Pinheiro entrega 144 novos ônibus na segunda-feira; frota conta com ar-condicionado em todas as unidades

De acordo com familiares, soldado Argemiro faleceu de causas naturais, em casa, no bairro Jardim das Palmeiras, em Lucas do Rio Verde. Ele deixa nove filhos, inúmeros netos, bisnetos e até tataranetos.  O Comando da Polícia Militar lamenta e transmite as mais sinceras condolências pela perda deste dedicado policial que fazia questão de usar a farda da PM e receber para uma conversa os policiais militares da cidade em que escolheu para desfrutar do seu merecido descanso.

 

Momento Policial

Mulher de 45 anos é pega com caminhonete adulterada em Rondonópolis

Publicados

em

Uma mulher de 45 anos foi conduzida à Delegacia na noite quinta-feira (29.07), pela equipe da 14ª Companhia de Força Tática de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), por adulteração de veículo.

Os policiais foram abordados por duas pessoas, sendo uma delas dizendo ter recebido uma ligação questionando se estaria vendendo uma caminhonete. Ela respondeu que não, mas foi lhe passado o endereço que constava seu nome e dados do seu veículo clonado Ford Siena como sendo uma caminhonete Xenon CC 4×2 preta.

Identificado a irregularidade, os policiais foram até a casa da suspeita, no bairro Pedra 90, ela resistiu em entregar a chave do veículo, mas foi encontrada dentro de outro carro. A caminhonete foi apreendida.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Leia Também:  "O servidor público é o braço direito de qualquer gestor e isso precisa ser honrado", reafirma prefeito que quita folha salarial de julho na sexta
Fonte: PM MT

 

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA