Momento Policial

PM recupera R$ 164,7 mil com suspeitos de roubo a cooperativas de crédito

Publicados

em


A Polícia Militar recuperou R$ 164.731,25 do dinheiro roubado das cooperativas de crédito Sicredi e Sicoob, no dia 4 de junho, em Nova Bandeirantes, após os policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) entrarem em confronto com suspeitos do crime, na tarde desta quinta-feira (10.06).

Os policiais do Bope foram chamados pela equipe da Força Tática, depois de virem que uma caminhonete branca empreendeu fuga assim que avistou a barreira policial, retornando com o veículo pela Estrada Procomp.

A equipe da barreira foi atrás dos suspeitos e avistou pessoas abandonando o carro e correndo em direção à mata. A Força Tática acionou o Bope, que deu apoio imediato, bem como as demais viaturas da operação.

A Força Tática retornou com a caminhonete abandonada para o ponto da barreira. Os policiais do Bope coletaram as informações e foram em busca dos suspeitos no meio da mata. Em um dado momento, a equipe do Bope foi surpreendida por disparos de arma de fogo e iniciou-se um confronto armado. Quatro suspeitos foram atingidos, foram levados ao Hospital Municipal de Nova Bandeirantes, mas não resistiram aos ferimentos.

Leia Também:  Cavalaria apreende espingarda com 43 munições em Várzea Grande

Com os bandidos foram encontradas roupas militares, armas e parte do dinheiro do roubo. As buscas, iniciadas há 6 dias, vão continuar até chegar a todos os envolvidos no crime da modalidade de Novo Cangaço.

A operação também continua por tempo indeterminado, com barreiras e incursões nos locais onde houve relatos de indícios e informações de presença de criminosos.

O caso do roubo às cooperativas está sob investigação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Judiciária Civil.

Fonte: PM MT

Propaganda

Momento Policial

Polícia Civil frustra associação criminosa que planejava atentado contra fazendeiros no Araguaia

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de São Félix do Araguaia (1.200 km a nordeste de Cuiabá), com apoio da Delegacia de Porto Alegre do Norte, cumpriu na madrugada desta quinta-feira (17.06) dois mandados de prisão temporária contra suspeitos de planejarem a execução de crimes contra fazendeiros da região.

As duas ordens judiciais são decorrentes de inquérito policial instaurado pela Delegacia de São Félix do Araguaia para apurar os crimes de associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo.

O conflito teria surgido a partir de uma disputa de terras na região. Dando continuidade às diligências para esclarecer o crime, os policiais civis conseguiram identificar o imóvel onde os envolvidos residiam, um homem de 62 e outro de 31 anos.

Com base nas informações colhidas, o delegado Artur Andrade Almeida representou pela prisão dos suspeitos, que foi deferido pela Comarca de São Félix do Araguaia. Com a ordem de prisão em mãos, os policiais civis realizaram as prisões, na zona rural do município.

Leia Também:  Vigilante é preso em flagrante pela Polícia Civil após furtar cabos de energia de pátio da construtora

Os suspeitos foram encaminhados à Delegacia de São Félix do Araguaia para as providências de praxe e posteriormente colocados à disposição da justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA