Momento Policial

Polícia Civil apreende drogas, prende traficantes e fecha comércio de entorpecentes em Nova Ubiratã

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Aproximadamente cinco quilos de entorpecentes entre maconha e pasta base de cocaína foram apreendidos pela Polícia Civil, na terça-feira (28.07), em uma ação que desarticulou um ponto de venda de drogas no município de Nova Ubiratã (502 km ao norte de Cuiabá). Dois homens responsáveis pelo comércio de entorpecentes foram presos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As investigações iniciaram após a equipe de investigadores da Delegacia de Nova Ubiratã receberem denúncia anônima de que na residência, localizada na região central da cidade, funcionava uma boca de fumo. Os policiais também receberam informações de que dois integrantes de uma facção criminosa e responsáveis pelo comércio de drogas na cidade estavam no imóvel.

Durante monitoramento do local, os policiais avistaram a entrada de várias pessoas na residência (caracterizando o possível comércio de drogas) e também um dos suspeitos alvo da investigação. Com base nas evidências, a equipe entrou na residência onde havia a aglomeração de pessoas e alguns tabletes de drogas no quintal vizinho.

Leia Também:  Em sete meses, PM tira de circulação 1.230 armas de fogo, são quase seis a cada 24 horas

Durante as buscas no local foram encontrados três tabletes inteiros, cinco pedaços e uma porção solta de maconha, 17 porções de pasta base de cocaína, um moedor utilizado para preparação da droga, uma balança de precisão, além de três munições intactas calibre 22, R$ 986 em dinheiro, nove aparelhos celulares de marcas variadas.

Em conversas com pessoas que estavam na casa, foi informado que o entorpecente havia acabado de ser recebido e que os responsáveis pela droga eram os dois traficantes investigados. Diante dos fatos, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Nova Ubiratã, onde foi lavrado o flagrante de tráfico e associação para o tráfico.

O delegado, André Eduardo Ribeiro, destacou que a apreensão de drogas foi a maior ocorrida em Nova Ubiratã e ressaltou que a Polícia Civil tem intensificado o combate ao tráfico de drogas, pois o comércio de entorpecentes fomenta outros crimes como os pequenos furtos e roubos  na cidade. “Muitas vezes esses crimes, são cometidos por usuários que para alimentar o seu vício acabam praticando furtos e roubos  para trocar por drogas.

Leia Também:  PM recupera três motocicletas roubadas durante operação em área de chácaras na região da Guia

De acordo com o delegado, Nilson André Faria de Oliveira, a desarticulação do ponto de venda de drogas é resultado do novo horário de funcionamento da delegacia, que passou de atuar em sistema de plantão e começou a funcionar em horário de expediente.

“No sistema antigo, na maior parte do tempo os policiais apenas recebiam os presos pela Polícia Militar, que geralmente eram pessoas envolvidas em situações de menor potencial ofensivo. Atualmente, em horário de expediente e maior efetivo é possível fazer os levantamentos necessários às investigações que resultam em ações bem-sucedidas como a prisão destes traficantes e a desarticulação da boca de fumo que funcionava no município”, disse o delegado.

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Momento Policial

Operação limpa pichações relacionadas a facção criminosa em Primavera do Leste

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

As forças de segurança de Primavera do Leste (231 km ao sul de Cuiabá) deflagraram uma operação para apagar escritas de apologia ao crime organizado em muros e residências e outros pontos do município. A ação realizada, nesta sexta-feira (14), contou com a participação das equipes da Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF) e apoio do Grupo de Comando de Ação Rápida (CAR).

A operação integrada denominada “Riscando do Mapa” foi realizada em parceria com Poder Público Municipal e Ministério Público percorrendo pontos mapeados pela Inteligência e Agência Regional do Comando Regional que verificaram os locais em que estavam as escritas.

Segundo a delegada da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Primavera do Leste, Anamaria Machado. a operação tem o objetivo de mostrar à sociedade que as forças de segurança estão atuando no combate a possíveis facções e organizações criminosas e que os trabalhos de combate à criminalidade na cidade trazem a sensação de tranquilidade à população.

“A operação vem para demonstrar que a segurança pública está combatendo qualquer tipo de atuação de facções criminosas, através de investigações, ações ostensivas. A ação de hoje tem o objetivo de reprimir a divulgação desses grupos criminosos em trabalho realizado junto a Prefeitura, Ministério Público e Poder Judiciário, demonstrando à sociedade o trabalho das forças de segurança no combate ao crime organizado”, disse a delegada.

Leia Também:  Suspeito pela distribuição de drogas em cinco bairros é preso com 21 tabletes de maconha

De acordo com o tenente-coronel Cleiton, comandante do 14º Batalhão da PM., a operação reafirma a atuação das forças de segurança no combate a atuação das associações criminosas. “O estado está reafirmando a sua soberania dentro do município de Primavera do Leste, assim como nos demais municípios subordinados ao 11º Comando Regional, ao 14º Batalhão da Polícia Militar, onde temos as cidades de Poxoréu a Gaúcha do Norte, esse trabalho”, disse o comandante.

 

 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA