Momento Policial

Polícia Civil autua três pessoas em caso de estupro coletivo de mãe e filha em Juscimeira

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Três pessoas, entre elas um menor de idade, envolvidos em uma situação de estupro cometido contra mãe e filha no distrito de Santa Elvira, município de Juscimeira (157 km ao sul de Cuiabá) foram ouvidas e autuadas em flagrante pela Polícia Civil, nesta terça-feira (15.06).

No total, sete suspeitos (dois menores de idade) que estavam na casa em que ocorreram os fatos foram conduzidos à Delegacia de Juscimeira para prestar esclarecimentos, sendo identificada a participação de três envolvidos em crimes de estupro, importunação sexual, lesão corporal e corrupção de menores. Os outros quatro conduzidos foram ouvidos como testemunha dos fatos e em seguida liberados. 

As vítimas, a mãe de 34 anos e a filha de 19 anos, moram em Cuiabá e foram passar o final de semana no distrito de Santa Elvira, com um grupo de pessoas entre elas, um dos suspeitos com o qual a jovem mantinha um relacionamento pela internet.

Durante uma das festas que ocorreram na casa, as duas mulheres foram vítimas de estupro coletivo, praticados por dois homens (um conduzido e um que está foragido) e um adolescente (que também foi conduzido).

Leia Também:  Polícia Civil prende em flagrante motorista que atropelou ciclista em Chapada dos Guimarães

Os suspeitos foram conduzidos pela Polícia Militar à Delegacia de Juscimeira, onde após as oitivas, foi identificado o suspeito de 26 anos (namorado da jovem de 19 anos) como um dos autores do estupro coletivo. Ele teria praticado o estupro coletivo contra as duas vítimas, e no dia seguinte somente contra a mãe da namorada sendo autuado em flagrante pelo crime.

O suspeito foi autuado em flagrante por de estupro (cometido contra a mãe) e corrupção de menores e responderá em inquérito policial pelo crime de estupro coletivo (praticado contra as duas vítimas). O suspeito possui várias passagens criminais e saiu a cerca de um mês do presídio da Mato Grande.

O segundo suspeito maior de idade é o dono da casa em que ocorreram os fatos. Ele não participou do estupro coletivo, mas assediou as duas vítimas e como foi rejeitado, agrediu a jovem com um tijolo, lesionando o pé da vítima. Diante dos fatos, o suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal, importunação sexual e corrupção de menores.

Leia Também:  Dois adultos são presos em flagrante com armas e entorpecentes durante mandados de buscas em Rondonópolis

Um dos menores conduzidos teve a participação identificada no estupro coletivo. Ele não estava em situação de flagrante, uma vez que o fato ocorreu no sábado. O menor ouvido e responderá por procedimento de ato infracional análogo a estupro.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Ricardo Franco, foi uma ocorrência grave e bastante complexa, em que foram conduzidas nove pessoas para delegacia, sendo sete suspeitos e as duas vítimas, que exigiu um trabalho minucioso nas oitivas para esclarecimento dos fatos.

“Concluímos a investigação com a identificação da autoria dos fatos. As diligências continuam em andamento, uma vez que foi identificada a participação de um terceiro suspeito que ainda não foi localizado pela Polícia”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Homem foragido do Pará por homicídio é preso pela Polícia Civil em Sinop; homem confirmou aos policiais que teria praticado o delito

Publicados

em

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Sinop cumpriu nesta segunda-feira, 02 de agosto, um mandado de prisão preventiva contra um homem de 52 anos por um homicídio ocorrido no estado do Pará.

A ordem judicial foi expedida pela Vara Criminal da Comarca de Itaituba pelo crime ocorrido no ano passado.

Após a captura, o homem confirmou aos policiais que teria praticado o delito após uma discussão de trânsito, quando desferiu várias facadas na vítima.

O detido será encaminhado à Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira, em Sinop, e posteriormente deve ser recambiado ao Sistema Penitenciário do Estado do Pará.

Fonte: PJC MT

 

Leia Também:  Polícia Civil prende em flagrante motorista que atropelou ciclista em Chapada dos Guimarães
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA