Momento Policial

Polícia Civil deflagra operação para prender líderes de associação criminosa atuante em Ribeirão Cascalheira

Publicados

em

 

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia de Ribeirão Cascalheira, deflagrou na sexta-feira (30.07) operação para cumprimento de quatro  mandados de prisão contra líderes de associação criminosa atuantes no município.

A Operação Êxodo tinha o objetivo de desarticular o grupo criminoso que atua em Ribeirão Cascalheira e em outros municípios do médio Araguaia, na prática de diversos crimes, dentre eles tráfico de drogas, furtos  e entre outras ações violentas.

Os mandados tinham como alvo líderes da associação criminosa. Até o momento, três dos suspeitos foram presos e o quarto continua foragido.

Durante os cumprimentos foram localizados e recuperados parte de objetos e valores em espécie,  frutos de um furto ocorrido no município, além de armas, munições, drogas, materiais e apetrechos utilizados para o tráfico de entorpecentes.

Após localização da arma uma das suspeitas informou acerca da existência de munições, então a equipe se deslocou até a residência onde constatou a existência de outras munições, apetrechos utilizados para tráfico de drogas, porção de drogas , anotações dentre outros.

Leia Também:  Policia Militar prende homem por tentativa de homicídio contra esposa no interior

Os presos durante a operação foram conduzidos ao presídio Major Zuzi e à cadeia pública feminina em Nova Xavantina.

Participaram da operação a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira com apoio dos policiais civis de Água Boa, coordenados pelo delegado Sergio Luís Henrique de Almeida.

A operação foi coordenada pelo delegado de Ribeirão Cascalheira,  Sergio Luís Henrique de Almeida, com apoio de policiais civis de Água Boa.

Fonte: PJC MT

Momento Policial

Polícia Civil apreende quatro armas de fogo após atendimento de violência doméstica em Mirassol D’Oeste

Publicados

em

Assessoria/Polícia Civil-MT

Quatro armas de fogo e munições foram apreendidas pela Polícia Civil, na segunda-feira (27.09), durante diligências realizadas pelos policiais da Delegacia de Mirassol D’Oeste para apurar uma ocorrência de violência doméstica envolvendo um casal de idosos.

Um homem de 52 anos, dono da propriedade em que as armas foram encontradas, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

As diligências iniciaram após a vítima de 75 anos procurar a Delegacia de Mirassol D’Oeste relatando que o seu convivente tentou a agredir fisicamente e em posse de um revólver a ameaçou de morte e em seguida, a expulsou de casa.

Com base nas informações, os policiais realizaram diligências até a propriedade da vítima, onde localizaram o suspeito. Questionado sobre possíveis armas de fogo, ele passou a informação de que havia três armas de fogo em um sítio na comunidade Caeté.

Com base na denúncia, os policiais foram até a propriedade, onde apreenderam quatro armas de fogo tipo espingarda, uma que estava na estante da sala e outras três que estavam escondidas em baixos de galhos nos fundos do sítio.

Leia Também:  Investigação sobre roubo de celulares leva Polícia Civil à apreensão de 212 tabletes de maconha, na Capital

Diante dos fatos, o dono da propriedade foi conduzido à Delegacia de Mirassol D’Oeste, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA