Momento Policial

Polícia Civil e Exército realizam destruição de armas de fogo

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sorriso (400 km ao norte de Cuiabá) realizou nesta quinta-feira (27), junto com o Exército Brasileiro a destruição de 27 armas de fogo.Todas as armas destruídas já passaram pela perícia da Politec e nenhuma delas foi empregada em crimes contra a vida e estavam apenas aguardando autorização judicial para a destruição.

Desde 2017, o Poder Judiciário não recebe mais as armas de fogo apreendidas nas delegacias, por motivo de segurança.

O delegado de Sorriso, André Eduardo Ribeiro requisitou judicialmente a destruição das armas de fogo à 1ª e 2ª Vara Criminal da Comarca de Sorriso.

“É importante para a segurança da delegacia essa destruição, liberando espaço na unidade policial, assim como já foi feito com a incineração de drogas”, destacou o delegado titular.

A destruição das armas foi realizada na sede do 44º Batalhão de Infantaria Motorizado, com equipamento compressor próprio, sob a supervisão do Setor de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército Brasileiro, que fez a conferência da Guia de Entrega de Armas e Munições.

Leia Também:  PM frustra assalto em ótica e prende dupla em flagrante no bairro Cristo Rei

Participaram desses trabalhos oito policiais civis equipados para o transporte das armas e três militares do Exército Brasileiro.

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Suspeito de estupro de vulnerável de enteada em Cáceres tem prisão cumprida em Cuiabá

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (228 km a oeste de Cuiabá pelo crime de estupro de vulnerável, teve o mandado de prisão cumpridos na tarde desta sexta-feira (25.09), pela Polícia Civil em Cuiabá, em ação realizada pelos policiais da Delegacia  Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O suspeito, de 27 anos, foi alvo de investigação da Delegacia da Mulher de Cáceres, em setembro de 2019, pela prática de estupro de vulnerável contra a sua enteada de apenas 10 anos de idade. Segundo as investigações, o suspeito manteve relação sexual com a vítima diversas vezes, fato comprovado por exame de corpo delito realizado pelo menor.

Os fatos foram percebidos pela coordenadoria da escola onde a criança estuva, que percebeu mudanças de comportamentos da aluna, que reclamava de dores na parte debaixo da barriga e chorava com facilidade. Durante conversa com a menor, ela revelou que estava sendo abusada sexualmente pelo padrasto.

Leia Também:  Força Tática descobre comércio ilegal de arma de fogo e prende dois em Rosário Oeste

Na delegacia, a menor foi ouvida e deu detalhes que comprovavam os abusos praticados pelo padrasto. Diante das evidências, a delegada Judá Maali Pinheiro Marcondes, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foragiu da cidade.

Com a ordem de prisão decretada e informações do possível paradeiro do investigado na cidade de Cuiabá, a equipe da Delegacia da Mulher de Cáceres entrou em contato com os policiais da DRE. O suspeito foi localizado e teve a ordem de prisão cumprida em uma obra em que estava trabalhando, no bairro Bandeirantes.

Após ter o mandado cumprido, o suspeito foi apresentado na DRE para as providências cabíveis.

.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA