Momento Policial

Polícia Civil e Politec realizam exames complementares para apurar morte em Paranatinga

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Paranatinga (373 km ao sul de Cuiabá) junto a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) realizaram, nesta quarta-feira (09.09), exames complementares para apurar a causa da morte de Edilene Alves Nogueira, de 32 anos, ocorrida no quarto de um hotel do município, em junho deste ano.

Segundo o delegado responsável pelo inquérito, Flávio Souza Braga, os exames complementares foram solicitados pela Polícia Civil após durante as investigações surgirem algumas dúvidas no caso, que inicialmente era tratado como suicídio.

De acordo com o primeiro laudo da perícia, realizado no dia da morte da vítima, o local de crime não foi preservado. Os exames complementares, realizados no quarto de hotel em que ocorreu o fato, tem objetivo de verificar informações como a posição da arma de fogo e do corpo da vítima no momento da queda.

“A perícia no local de crime fez algumas pontuações que precisavam ser esclarecidas e o laudo dos exames complementares deve ficar pronto em 30 dias para conclusão da linha de investigação do caso”, disse o delegado.

Leia Também:  Nove mandados são cumpridos em operação de combate a criminalidade em Alto Taquari

Entenda o caso

A morte de Edilene Alves Nogueira, de 32 anos, ocorreu na noite de 24 de junho, no quarto de um hotel no município de Paranatinga, onde ela e seu marido estavam hospedados. No local, a vítima foi encontrada caída com um ferimento de disparo de arma de fogo na região da cabeça. Ela chegou a ser socorrida porém não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

 

 

 

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Operação integrada localiza plantação de maconha em mata em Lucas do Rio Verde

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma plantação de maconha  foi descoberta, na sexta-feira (25.09), durante operação integrada da Polícia Civil, Polícia Militar e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), realizada no município de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá).

A horta com vários pés  de maconha foi localizada durante sobrevoo da equipe do Ciopaer em uma região de mata no bairro Tessele Júnior.  Para chegar a plantação, localizada menos de cem metros para dentro da mata, havia uma trilha, sendo também encontrado no local, mobílias, ferramentas, defensivos e grande quantidade de água para regar as plantas.

Segundo o delegado, Marcelo Henrique Maidade, a plantação foi descoberta devido ao fato das equipes terem informações de que criminosos foragidos da Justiça estavam na região de mata.

 “O helicóptero sobrevoou a região conseguindo identificar a plantação, que surpreendeu devido a ousadia dos criminosos que montaram a horta próximo a cidade, com todos os apetrechos necessários de adubo e irrigação”, disse o delegado.

Com a descoberta, as plantas serão destruídas e as diligências continuarão em andamento para identificar os responsáveis pelo cultivo da substância ilícita, assim como para localização dos foragidos da Justiça.

Leia Também:  Carro roubado em São Paulo é recuperado em Várzea Grande

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA