Momento Policial

Polícia Civil esclarece autoria de homicídio em Primavera do Leste e prende dois irmãos pelo crime

Publicados

em

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A Divisão de Homicídios da Delegacia de Primavera do Leste esclareceu um homicídio ocorrido em fevereiro deste ano e indiciou dois irmãos envolvidos no crime.

Na tarde do dia 19 de fevereiro, Ueslei Ferreira Barbosa, de 44 anos, foi abordado por um dos investigados, no bairro Parque Eldorado, e atingido a tiros, morrendo no local. A partir das investigações realizadas pela equipe da Divisão de Homicídios, os policiais civis conseguiram identificar o executor do crime, que tem 28 anos.

Com base nas informações levantadas durante a apuração, o delegado Allan Victor Sousa da Mata representou por medidas de busca e apreensão.

Os mandados de buscas foram cumpridos durante a Operação Quinto Mandamento, deflagrada em abril deste ano, e resultando na apreensão de munições, drogas e arma de fogo. O suspeito não foi preso à época porque conseguiu fugir do local e deixou a esposa para trás, que foi detida em flagrante por tráfico de drogas. As munições apreendidas eram do mesmo calibre utilizado para executar a vítima.

Leia Também:  Estado deverá manter isenção de ICMS a PCD que adquirir veículo de até R$ 140 mil

Prisões

Após a apreensão do material durante a operação, o delegado Allan Victor representou pela prisão temporária do suspeito. Ele foi localizado em julho pela equipe da DHPP, na zona rural de Poxoréu, com apoio de equipes da Derf e da Regional de Primavera do Leste.

Com a conclusão da investigação, a Polícia Civil apurou que o irmão do suspeito, de 24 anos, também teve participação no crime. A prisão dele foi efetuada nesta segunda-feira (27) em Primavera do Leste.

‘Diante da gravidade do crime e em razão de ambos já terem passagens criminais, foi representada pela decretação da prisão preventiva”, explicou o delegado.

Os dois irmãos foram indiciados por homicídio qualificado. O executor do crime responde por outros crimes, entre eles tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.

Com a conclusão da investigação, o inquérito foi encaminhado à Justiça. O Ministério Público ofereceu denúncia e, após manifestação favorável pela decretação da prisão, a Justiça decretou a prisão preventiva dos irmãos.

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Na mira: tenente do Bope conta sobre a rotina dos atiradores de elite da PM de Mato Grosso

 

Momento Policial

PRF localiza mercadorias transportadas de forma ilegal na cidade de Rondonópolis-MT

Publicados

em


Na última sexta-feira, durante suas abordagens, a PRF em Rondonópolis constatou três ocorrências do crime de transporte de mercadoria nacional sem nota fiscal.

Duas ocorrências aconteceram aproximadamente às 09 horas da manhã quando policiais abordaram um ônibus que fazia a linha Cascavel-PR x Alta Floresta-MT.

Ao ser fiscalizado o bagageiro, a equipe policial encontrou 14 caixas de essência para narguilé despachadas por uma determinada empresa. Em rápida conferência da nota fiscal e dos produtos, constatou-se que a mercadoria possui alto valor comercial, muito acima do declarado na nota.

Continuando na fiscalização, os policiais localizaram, também, mais duas caixas com mercadorias diversas e ao consultar a nota fiscal foi constatado que o valor declarado era de R$ 500,00. Em rápida conferência em sites da internet, verificou-se que a mercadoria nas caixas possuía alto valor de mercado, muito acima do declarado no documento fiscal. Tanto o remetente, uma mulher de 34 anos, quanto o destinatário, outra de 31, foram enquadradas no crime de transporte de mercadoria sem nota fiscal.

A última ocorrência aconteceu por volta das 14 horas, quando os policiais abordaram um caminhão-baú, conduzido por um homem de 32 anos. Em fiscalização às mercadorias localizadas no interior do veículo, foram encontradas três caixas e quatro sacos com produtos diversos (roupas e objetos eletrônicos). Ao ser indagado a respeito das notas fiscais, o motorista simplesmente informou que não as possuía. Declarou ainda, que quando passava por Mato Grosso do Sul, um desconhecido ofereceu determinada quantia para ele levar os produtos até Cuiabá-MT.

Todas as mercadorias apreendidas foram encaminhadas para a SEFAZ-MT para a realização dos procedimentos cabíveis.

Fonte: PRF MT

Leia Também:  Estado deverá manter isenção de ICMS a PCD que adquirir veículo de até R$ 140 mil
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA