Momento Policial

Polícia Civil prende em flagrante mulher que furtou R$ 6 mil de amiga em Várzea Grande

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma mulher suspeita de furtar R$ 6 mil de uma colega de trabalho foi presa em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (06.05), em trabalho investigativo realizado pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG). A suspeita de 25 anos e portadora de tornozeleira eletrônica, foi autuada em flagrante pelo crime de furto qualificado pelo abuso de confiança.

As investigações iniciaram após a vítima de 24 anos procurar a Derf-VG para registrar a ocorrência, em que narrou que a suspeita foi até a sua residência no bairro Jardim Aeroporto e furtou a grande quantia em dinheiro.

A vítima contou que o dinheiro era das suas economias e que ela estava guardando para comprar uma moto. Ela disse que confiava na amiga e achava que poderia contar com ela, uma vez que já tinham morado juntas e eram colegas de trabalho na região do zero, em Várzea Grande.

Com base nas informações a equipe iniciou as diligências para esclarecer os fatos envolvendo duas colegas de trabalho. Segundo as investigações, a suspeita ao tomar conhecimento da quantia guardada no apartamento da vítima, planejou o crime antecipadamente e cometeu o furto do dinheiro.

Leia Também:  Policial percorre 51 quilômetros em promessa pela recuperação de parceiro de profissão

Durante as investigações, os policiais civis conseguiram as imagens do condomínio que mostram toda a ação da suspeita, a qual retira uma cópia da chave do apartamento de dentro do baú de uma moto e entra no prédio, logo após a vítima sair de casa. 

Diante das evidências, a suspeita foi detida em flagrante e conduzida até a Derf-VG, onde foi interrogada pelo delegado André Eduardo Ribeiro e negou o crime, porém no celular da vítima foram encontraram diversas mensagens logo após o furto, constatando que ela fez compras e pagou dívidas com o dinheiro subtraído.

A mãe da suspeita chegou a falar para filha devolver o dinheiro, pois ela não precisava disso para viver. A suspeita que possui passagens por organização criminosa, estelionato, roubo e faz uso de tornozeleira eletrônica, foi autuada em flagrante por furto qualificado pelo abuso de confiança.

Após a confecção dos autos a presa foi colocada à disposição da Justiça. Ela responderá por mais esse crime, podendo pegar pena de 2 a 8 anos de reclusão.

Fonte: PJC MT
Leia Também:  Governador Mauro Mendes assina promoção de policiais militares em Mato Grosso

Propaganda

Momento Policial

PM prende suspeitos com meia tonelada de defensivos agrícolas e R$ 13 mil em Sinop

Publicados

em


Neste domingo(20) policiais militares prenderam dois homens com 500 quilos de defensivos agrícolas contrabandeados, em Sinop. Com os suspeitos, a Polícia Militar apreendeu dois veículos, rádios comunicadores,   e R$ 13 mil em cheques. O produto irregular  teria saído de Cuiabá para ser entregue no município neste fim de semana.

Por volta das 11 horas, policiais militares receberam informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de que os veículos S10 e Fiat Strada que estavam  transportando produtos ilícitos vindos de Cuiabá. Diante da denúncia, a equipe da Polícia Militar montou uma barreira policial na rodovia de acesso à cidade de Ipiranga do Norte.

Os dois veículos foram visualizados e abordados pela PM nas proximidades do aeroporto de Sinop.  No momento da checagem, o motorista do carro Fiat Strada e da camionete S10 demostraram nervosismo e repostas desconexas.

Durante  minuciosa dos dois veículos, os policiais militares encontraram na camionete 23 sacos grande de Benzoato; total de  500 quilos do defensivo agrícola, carga avaliada em aproximadamente R$ 500 mil . O motorista do veículo não tinha nota fiscal do produto.

Leia Também:  Polícia Civil prende homem investigado por feminicídio no bairro Parque Ohara, na Capital

O motorista do veículo Fiat Strada relatou à PM que foi contratado pelo condutor da camionete para fazer o serviço de ‘ batedor ’  de Cuiabá até Sinop por R$ 1,5 mil. O batedor no crime vai na frente de um  veículo que transporta algum produto ilícito para avisar o condutor  sobre possíveis  barreiras e fiscalizações policiais no trajeto. Com os suspeitos, a PM apreendeu rádios comunicadores e R$ 13 mil em cheques.

O condutor da camionete S10 relatou aos policiais que receberia R$ 10 mil para realizar o transporte do produto ilegal até Sinop, para evitar abordagem policial, a dupla disse que pegou caminhos alternativos passando pela região de Diamantino, São José do Rio Claro e Ipiranga do Norte.

O motorista da S10 já tem passagem pela polícia por crime de contrabando, ele foi preso no ano de 2017 com roupas contrabandeadas da Bolívia. Os dois homens foram presos e os sacos com os defensivos agrícolas contrabandeados foram apreendidos.

 A ocorrência foi entregue à Delegacia de Polícia Judiciária Civil.

Leia Também:  Autor de roubo em praça do pedágio em Alto Araguaia é preso pela Polícia Civil logo após o crime
Fonte: PM MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA