Momento Policial

Polícia Civil prende mulher investigada por envolvimento em morte de rapaz em boate sertaneja

Publicados

em


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) cumpriram nesta quinta-feira (10.09) a prisão temporária de uma mulher que teve o envolvimento apontado nas investigações na morte de Alexandro Penha da Silva, 29 anos, ocorrida na Capital. A vítima morreu no dia 20 de janeiro deste ano, após ser alvejada na cabeça por um homem, em uma boate sertaneja na Avenida Beira Rio, na Capital.

As investigações da DHPP para esclarecer o homicídio de Alexandro, presididas pelo delegado Caio Fernando Albuquerque, identificaram o envolvimento de três pessoas na morte da vítima.

A apuração apontou que o responsável pelo disparo foi um homem de 21 anos, que foi a óbito em agosto deste ano após tentar disparar uma espigarda calibre 12 contra a equipe policial durante ação para cumprimento do mandado de prisão contra ele, no bairro Tijucal.  A ação foi deflagrada após a DHPP receber informações de que o suspeito, que já era procurado, estava escondido em uma residência no bairro e em posse de armas de fogo de grosso calibre.

Leia Também:  Moradores denunciam barulho e PM apreende 15 motocicletas com escapamentos adulterados

Morte de Alexandro Penha

A vítima e o investigado estavam em uma festa em uma associação próxima Ao Fórum de Cuiabá, quando teve início um desentendimento entre os dois, que logo depois se resolveu. Após esse episódio, a vítima seguiu para uma festa na boate sertaneja, local para onde também foi o investigado e mais outras pessoas, sendo uma delas a mulher presa nesta quinta-feira.

Em certo momento, quando ambos estavam próximos ao banheiro do local, o investigado foi em direção à vítima e fez os disparos contra Alexandro, um deles atingiu a cabeça. Pessoas que estavam próximas tentaram defender a vítima e três delas ficaram feridas também pelos tiros efetuados.

De acordo com o delegado Caio Albuquerque, as investigações apontaram que o investigado não agiu sozinho, embora os disparos tenham sido efetuados apenas por ele. “As investigações revelaram que o investigado e as pessoas que estavam com ele passaram antes em uma casa para buscar a arma de fogo utilizada no homicídio”, esclarece o delegado, acrescentando que o comportamento da mulher presa, identificado durante a investigação, aponta para a participação dela no crime. O cumprimento da prisão da envolvida contou com apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil.

Leia Também:  NOTA DE FALECIMENTO - delegado aposentado Jorge Luiz de Melo

As investigações prosseguem para localizar e efetuar a prisão do terceiro envolvido.

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Marido é preso pela PM por ameaçar matar a mulher com revólver em Cuiabá

Publicados

em


.

Na manhã deste domingo(20.09) a Polícia Militar prendeu um homem de 57 anos por ameaçar matar a esposa, no bairro Jardim Guanabara, em Cuiabá. Com o suspeito, a PM apreendeu um revólver e munições.

 

Por volta das 6h30, policiais militares foram acionados via 190 para atender uma ocorrência de violência doméstica. A denúncia relatava que o homem estava ameaçando a esposa com uma arma de fogo. 

 

A polícia chegou até a residência no bairro Jardim Guanabara e encontrou a vítima que disse que o marido estava no quarto. A equipe da PM verbalizou com o suspeito para que ele se saísse do cômodo da casa e entregasse o revólver. 

 

O suspeito disse para a polícia que arma estava escondida atrás de um aparelho de televisão.  Os policiais apreenderam o revólver calibre 32  com quatro munições intactas e deteve o homem em flagrante. 

 

A vítima relatou que constantemente é ameaçada com o revólver  pelo marido e pelo filho. A PM conduziu o suspeito e a vítima até a Delegacia da Mulher. 

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

 

Fonte: PM MT

Leia Também:  Policiais interrompem festa, prendem três e apreendem maconha em festa em Várzea Grande
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA