Momento Policial

Polícia Civil prende um dos principais alvos de investigação sobre furto e roubo de gado na região metropolitana

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) cumpriram nesta terça-feira (27) a prisão preventiva contra um dos principais alvos da Operação Mahyas, deflagrada em agosto deste ano contra uma organização criminosa envolvida em roubo, furto e receptação de gado em municípios da Baixada Cuiabana.

O homem, de 46 anos, foi localizado na Capital pela equipe policial coordenada pelo delegado Ruy Guilherme Peral. Conforme investigações da Derf Cuiabá, o alvo foi identificado como o responsável pela logística de transporte, ocultação, abate e revenda da carne dos animais roubados e furtados.

A operação Mahyas foi deflagrada no início de agosto para cumprimento de 53 ordens judiciais, entre prisões, buscas, apreensões e sequestro de bens contra alvos da organização criminosa que teve atuação identificada em várias cidades da região metropolitana de Cuiabá. Durante a operação também foram suspensas as atividades comerciais de três açougues que vendiam carnes de animais provenientes de abatedouros clandestinos.

Os mandados referentes aos crimes de organização criminosa, roubo majorado e furto qualificado foram cumpridos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Jangada, Barra do Bugres e Nova Mutum. As ordens judiciais foram deferidas pela 7a Vara Criminal de Cuiabá.

Leia Também:  PM detém suspeito depois de furtar e cair de motocicleta do sobrinho

As investigações da Derf Cuiabá iniciaram há aproximadamente um ano, devido à complexidade dos trabalhos na zona rural. De acordo com os levantamentos, a atuação da organização criminosa causou um prejuízo de mais de R$ 3 milhões para as vítimas.

Para praticar os crimes, o grupo criminoso rendia moradores e funcionários das propriedades, os mantendo em cárcere privado até realizarem o roubo dos animais, deixando o local somente após o gado ser desembarcado no local em que ficaria escondido.

A expressão ‘mahyas’ é uma das origens da palavra  máfia.

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Irmão de prefeita é preso em Sinop por suspeita de Peculato

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Sinop (499 km ao norte de Cuiabá) fez a prisão em flagrante do irmão da prefeita do município, na tarde de terça-feira (02.12), por suspeita de envolvimento em crime de peculato. Em ação integrada com a equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi constatada a subtração de material da concessionária Rota Oeste, sem a devida autorização.

A equipe da Polícia Rodoviária Federal foi acionada por volta das 15 horas para verificar a informação de que no km 815, da BR 163, no município de Sinop, estava ocorrendo a subtração de material de propriedade da concessionária. No local, foi constatado que havia uma máquina composta pelo caminhão trator e parte de material fresado de asfalto que já havia sido carregado e transportado.

Questionado, o motorista do caminhão informou que havia recebido ordens para fazer o transporte do material para a fazenda Selo Verde, propriedade da prefeita da cidade e que já havia feito duas viagens, apresentando um ofício assinado pelo irmão da prefeita.

Leia Também:  Em barreira, policiais encontram espingarda com munições em Feliz Natal

O Inspetor de Qualidade da Rota Oeste relatou o seguinte que houve uma denúncia para a Rota do Oeste informando que havia uma pá carregadeira retirando o material (material fresado de asfalto) de propriedade da concessionária eque se deslocou até o local dos fatos para solicitar o documento de autorização para carregamento e transporte do material.

Foi apresentado um ofício, porém o referido documento não era de conhecimento do setor responsável pela liberação; que recebeu a orientação do chefe imediato para registrar boletim de ocorrência junto à Delegacia de Sinop.

Diante dos fatos, o irmão da prefeita foi conduzido a Delegacia de Sinop e após ser interrogado pelo delegado Pablo Bonifácio Carneiro, foi autuado em flagrante pelo crime de Peculato.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA