Momento Policial

Polícia cumpre mandado e prende homem que matou mulher em Paranaíta MT

Publicados

em

 

      A ossada de uma jovem, que estava desaparecida no município de Paranaíta (362 km de Sinop) desde abril do ano passado, foi localizada pela Polícia Civil, no domingo(23), mas só agora, divulgado, após mais de um ano de investigações. 
 
      Na última quinta-feira(20), o  ex-companheiro da vítima, apontado como autor do crime foi preso na cidade de Apiacás (1 mil km de Cuiabá). O suspeito teve o mandado de prisão temporária  decretado pela justiça, por homicídio e ocultação de cadáver, com base em investigações da Polícia Civil.
 
      A ossada da vítima, identificada como Daniela Erica Cordeiro de Campos, foi encontrada em uma cova com profundidade de aproximadamente 1,5 metro, nas proximidades da MT-206(foto), sentido Usina Teles Pires, a cerca de 10 quilômetros da cidade de Paranaíta.
 
      Conforme o delegado de polícia Marcos Cézar Faria Lyra, no decorrer do inquérito instaurado os policiais civis identificaram o ex-companheiro  da vítima, como principal suspeito, bem como os indícios de homicídio e ocultação de cadáver.
 
      As diligências começara  no dia 28 de abril de 2018, após a mãe da jovem procurar a delegacia para comunicar o desaparecimento da filha. “Com base nas informações levantadas, a equipe da Delegacia de Paranaíta logrou êxito em mapear e descobrir o ponto exato onde o corpo estaria”.
 
      A Politec também acompanhou a equipe até o local, onde foram feitas escavações e encontradas a ossada humana, que foi encaminhada para exame antropológico e de DNA, disse o delegado.
 
     Ao ser surpreendido pelos policiais civis de Apiacás, e ter a ordem judiciais de prisão temporária cumprida, o suspeito foi novamente interrogado por Marcos Lyra, ocasião em que decidiu confessar os fatos. Ele alegou motivo passional, afirmando que estava sendo traído pela vítima, por isso perdeu o controle emocional, vindo durante uma discussão a praticar o crime.
Leia Também:  Polícia Civil realiza ciclo de palestras sobre violência contra a mulher em Claúdia
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Momento Policial

Policiais civis participam de curso para manuseio de Drone ministrado pelo Sindicato Rural de Canarana

Publicados

em

 

Assessoria | Polícia Civil-MT

Durante uma semana de qualificação, dezoito policiais civis lotados na Delegacia Regional de Água Boa (730 km a leste de Cuiabá) participaram do curso de “Treinamento de Operação de Aeronave Remotamente Pilotada – Drone”, promovido pelo Sindicato Rural do município de Canarana (823 km a leste da Capital).

O curso dividido em duas turmas iniciou na segunda-feira (13.09) e encerrou no sábado (18.09), com a participação de 30 profissionais da segurança pública, entre policiais civis, militares, penais, bombeiros militares e peritos.

Foram ministradas aulas teóricas e práticas, e ao final os alunos receberam o Certificado emitido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-MT).

Além dos servidores da região de Água Boa, dois policiais civis da Delegacia Regional de Barra do Garças também estiveram presentes no curso, que teve como principal objetivo o manuseio desta ferramenta de grande relevância para a modernização dos trabalhos policiais.

Atualmente as diligências investigativas tem exigido cada vez mais o uso de novas tecnologias para o enfrentamento do crime organizado, sendo que o equipamento drone se encaixa nessas inovações tecnológicas.

Leia Também:  Polícia Civil prende preventivamente homem que ameaçava e perseguia ex-companheira na Capital

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA