Momento Policial

Policiais civis recuperam relógios e equipamentos com autor de furto a comércio em Tangará da Serra

Publicados

em

Parte dos mais de 60 relógios furtados de uma ótica e equipamentos levados de uma loja de eletrodomésticos, ambas de Tangará da Serra, foram recuperados na terça-feira (24.05) após investigação da Delegacia da Polícia Civil do município para localizar o autor dos crimes. O suspeito foi localizado em uma residência no bairro Alto da Boa Vista, onde os investigadores apreenderam 40 relógios e equipamentos como chapinha, secadores e escova elétrica de cabelo.

O autor do crime é reincidente em delitos patrimoniais e contra ele havia em aberto dois mandados de prisão, um pela 5ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande e outro pela 2ª Vara Criminal de Cuiabá, com prisão definitiva por quebra de medida judicial. Ele foi condenado a 21 anos de prisão com a unificação de penas pelos crimes de homicídio, roubo e furto, dos quais ele cumpriu 13 anos. No início da pandemia da covid, ele obteve a progressão de regime, indo para a semiliberdade, contudo, deixou de comparecer aos atos determinados pela Justiça como condição para que permanecesse no regime semiaberto e foi para Tangará da Serra.

Leia Também:  Polícia Civil prende integrantes de associação criminosa e apreende armas de fogo, drogas e munições

Na investigação para apurar o furto ocorrido na ótica, de onde foram levados mais de 60 relógios, os policiais da Delegacia de Tangará da Serra realizaram diligências e chegaram à identificação do suspeito e de seu endereço. Ele foi abordado quando saía da residência, em uma bicicleta semelhante à usada no furto registrado no domingo, 22 de maio.

Ao ser questionado pelos policiais, ele deu um nome completamente diferente e disse que não tinha documentos. Depois, acabou confessando seu nome verdadeiro, quando os investigadores realizaram nova checagem e constataram os dois mandados de prisão em aberto.

O suspeito negou a autoria do furto na ótica, mas em buscas na residência, os investigadores localizaram uma mochila preta com relógios novos, masculinos e femininos de diversas marcas, ainda com os suportes de mostruário. Indagado sobre os produtos, ele acabou confessando que eram os mesmos furtados da ótica.

Na casa também foram encontrados outros objetos que coincidiam com os levados da loja de eletrodomésticos, furtada no dia 16 de maio. Em relação a esse furto, ele voltou a negar a autoria e indagado sobre a origem, o criminoso afirmou que havia comprado, mas não possuía nota fiscal.

Leia Também:  Polícia Civil recupera objetos e prende autor de furto em loja em Nova Xavantina

Porém, os equipamentos apreendidos (secador, escova elétrica e chapinha) foram reconhecidos pelo responsável da loja. Diante das evidências, o suspeito foi novamente questionado na delegacia sobre os aparelhos e acabou assumindo o furto.

Após os procedimentos na delegacia, ele foi encaminhado ao Centro de Detenção de Tangará da Serra.

Fonte: PJC MT

Propaganda

Momento Policial

Polícia Civil apreende duas armas de fogo, várias munições e prende um suspeito em Cáceres

Publicados

em

Policiais civis, da 1ª Delegacia de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), apreenderam duas armas de fogo e diversas munições, na manhã desta segunda-feira (04.07), durante averiguação de denúncia anônima.

Uma das armas apreendidas é uma pistola Taurus de calibre .40, furtada de um policial civil em Cuiabá.

Um suspeito, de 36 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito ou proibido.

Após receber informações sobre um sítio localizado próximo a região conhecida como “Chapadinha”, em Cáceres, onde estariam escondidos integrantes de facção criminosa, a equipe passou a monitorar o local.

Durante o trabalho de campana, foi verificada movimentação intensa de pessoas no endereço, razão pela qual na manhã desta segunda-feira (04) os policiais civis se aproximaram da propriedade.

Ao serem recebidos, o morador autorizou a entrada na residência e, nas buscas, foi localizada uma pistola Taurus modelo 840 e oito munições,  além de uma espingarda de calibre 22, com munições.

Leia Também:  Investigado por atear fogo em casa de ex-companheira com a família dentro é preso em Brasnorte

Em checagem, foi constatado que a pistola era produto de furto ocorrido em Cuiabá, tendo como vítima um policial civil. 

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à 1ª Delegacia de Cáceres, interrogado pelo delegado Marlon Nogueira e autuado em flagrante delito. Após a confecção dos autos, o preso foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA

Botão WhatsApp - Canal TI
Botão WhatsApp - Canal TI