Momento Policial

PRF apreende madeira sem declaração fiscal em Sorriso/MT

Publicados

em


.

Carga saiu de CLAUDIA/MT com destino à SÃO JOÃO DA BARRA/RJ

Na sexta-feira (11) a equipe PRF fiscalizou o veículo Caminhão Vw/24.280, cor amarela conduzido por um senhor de 42 anos, o qual transportava produto florestal processado. Foram apresentados a equipe que realizava a fiscalização os documentos de origem fiscal e florestal.

Em consulta, não foram encontradas divergências entre os documentos de origem florestal apresentados; GF (Guias Florestais). A carga oriunda da cidade CLAUDIA com destino à SÃO JOÃO DA BARRA, era composta de madeira serrada, com variados perfis. Foi realizada medição do produto transportado (19,45 m³) e constatado que a quantidade declarada (8,76 m³) não condizia com a carga apresentada.

Com fiscalização mais aprofundada, a equipe constatou que os perfis transportados também divergiam dos declarados na documentação, tornando as Gfs inválidas conforme instrução normativa do IBAMA.

Por se tratar de material de regulamentação concorrente, aplica-se ao transporte de produtos florestais tanto as normas federais quanto estaduais. Sendo assim, o transporte de produto florestal em volume diverso do autorizado na Guia Florestal torna o documento ilegal.

Leia Também:  Unidade policial de Barra do Garças passa por reforma e padronização visual

Nesse sentido, a equipe realizou a lavratura do Termo Circunstanciado de Ocorrência e encaminhou-o ao Ministério Público Estadual com cópia à Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) para providências pertinentes.

Veículo e carga permanecerão retidos no pátio contratado até vistoria e destinação.

 

SECOM PRF MT
e-mail: [email protected]
Instagram: @prf_mt
Para emergências e denúncias, ligue 191

Fonte: PRF MT

Propaganda

Momento Policial

Mudança temporária no atendimento da Central de Flagrantes de Várzea Grande

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Diretoria Metropolitana, comunica que as ocorrências atendidas pela Central de Flagrantes de Várzea Grande estão sendo provisoriamente atendidas na Central de Flagrantes de Cuiabá ou no Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual, de acordo com a natureza do fato. A mudança inicia nesta terça-feira (22), a partir das 19 horas e segue até o dia 13 de outubro de 2020.

A medida de caráter extraordinário e emergencial foi tomada em virtude do número de servidores diagnosticados positivamente para coronavírus e, por consequência, afastados das atividades laborais.

Desde o início da pandemia de Covid-19, a Diretoria Metropolitana e a Diretoria de Atividades Especiais montou uma escala de reforço com policiais das respectivas delegacias de cada diretoria a fim de suprir o atendimento nas centrais de flagrantes da região metropolitana e mantê-las em funcionamento ininterrupto.

Além do aumento de policiais diagnosticados positivos para o vírus, há também um expressivo número de servidores, especialmente da Diretoria Metropolitana, que pertence ao grupo de risco para a Covid e que estão impossibilitados de realizar o trabalho presencial.

Leia Também:  Crimes de homicídio, roubo e furto reduzem em Cuiabá e Várzea Grande

Desta forma, os atendimentos de flagrantes ocorridos em Várzea Grande serão encaminhados às duas unidades de plantão de Cuiabá, respeitando a natureza das ocorrências.

A Polícia Civil reitera seu compromisso e atuação laboral em prol da sociedade e da segurança pública de Mato Grosso.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA