Momento Policial

Quatro pessoas são presas em festa com arma e drogas em Rondonópolis

Publicados

em


.

Policiais militares prenderam na sexta- feira (18.09) quatro homens ( 18,20 e 39) com uma  pistola 380, porção de droga e um caderno com anotações aparentemente de venda de entorpecentes de uma organização criminosa, em Rondonópolis. Os suspeitos foram denunciados por  promoverem uma festa e efetuarem disparos de arma de fogo no local. 

Por volta 17h30, a Polícia Militar foi chamada via 190 para verificar uma festa na qual estaria ocorrendo uma briga entre os participantes, onde foi ouvido diversos tiros no interior da casa que fica no Residencial Sunflower.

Os policiais foram até o endereço, localizando o proprietário da residência que alegou que havia soltado bombas no evento. O homem autorizou a PM a fazer uma varredura do local e durante a diligência, os militares encontraram uma cápsula de munição calibre 380 deflagrada no chão, uma pistola 380 enrolada em um pano dentro de um balde e cinco porções de cocaína. 

Durante a varredura, a PM localizou um caderno com anotações de supostas vendas de drogas para uma organização criminosa. Todo o material encontrado pela polícia foi apreendido e quatro pessoas foram presas em flagrante e entregues à delegacia. 

Leia Também:  Organização criminosa é pega com 25 mil maços de cigarros sem procedência

A ocorrência foi entregue para a Polícia Judiciária Civil. 

 

Serviço 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

 
Fonte: PM MT

Momento Policial

Polícia Civil de MT cumpre prisão de suspeito de homicídio ocorrido em São Bernardo do Campo

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

O suspeito de um homicídio ocorrido na cidade de São Bernardo do Campo (SP) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil de Mato Grosso, nesta quinta-feira (22.10), em ação realizada pela Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol), com apoio da inteligência da PJC e Polícia Civil do município paulista.

A prisão temporária de 30 dias foi expedida pelo Comarca de São Bernardo do Campo com o fim de dar continuidade ao trabalho investigativo. Segundo as investigações, a vítima deixou sua cidade natal na Bahia para morar com parentes no estado de São Paulo com objetivo de mudar de vida.

A vítima morava em um dos cômodos da casa sozinha e no dia do crime, parentes que moravam na outra casa chegaram a ouvir um grito, porém não viram ninguém no local. No dia seguinte, os parentes sentiram falta da vítima e foram até o cômodo quando encontraram o corpo em cima da cama, com uma faca cravada no pescoço.

Leia Também:  Casal é pego traficando droga em bairro de Sinop

As investigações da Polícia Civil de São Bernardo do Campo apontaram o ex-companheiro da vítima como principal suspeito do crime, uma vez que ele foi o último a ser visto em sua companhia, horas antes. O suspeito teve a ordem de prisão expedida pela Justiça, a qual foi cumprida pela equipe da Polinter na cidade de Várzea Grande.

Depois de cumprido o mandado, o preso foi encaminhado para audiência de custódia e deverá permanecer a disposição da justiça.

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA