Momento Policial

R$ 180 milhões é o prejuízo ao crime organizado com apreensão da PRF em Mato Grosso

Publicados

em


.

Foram mais de 1200 kg de cloridrato de cocaína retirados de circulação

Na maior apreensão de cloridrato de cocaína realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso, nos últimos 5 anos, aproximadamente 1248 kg do entorpecente foram retirados de circulação e o prejuízo ao narcotráfico é em torno de R$ 180 milhões.

A apreensão ocorreu nesta terça-feira (01), durante fiscalização na BR-174, em Pontes e Lacerda, quando a equipe abordou dois caminhões, com dois semirreboques em cada. O primeiro veículo era ocupado somente pelo condutor, de 44 anos. O segundo caminhão estava ocupado pelo condutor, de 55 anos e sua esposa de 51.

Em fiscalização minuciosa, os PRFs identificaram compartimentos adaptados, que poderiam estar escondendo ilícitos. Questionados, os ocupantes de ambos veículos disseram não se conhecer, mas ficaram muito nervosos quando indagados sobre os locais adaptados e apresentaram as mesmas versões, de que adquiriram os veículos como estavam, sem ter conhecimento dos locais “secretos”.

Ao abrir os compartimentos do primeiro caminhão, os policiais encontraram 804,08 kg de cloridrato de cocaína, em um total de 796 tabletes, além de uma quantia de R$ 8.650,00 que estavam com o condutor. No segundo veículo, havia mais 443,25 kg distribuídos em 440 blocos e a quantia de R$ 3.500,00 com o motorista, sendo o peso total, entre os dois caminhões, de 1247,33 kg.

Leia Também:  Polícia Civil prende suspeito e esclarece tentativa de latrocínio com motivação passional

Após a descoberta do entorpecente, os envolvidos informaram que receberiam uma quantia em dinheiro para efetuar o transporte. Os dois veículos saíram de Cáceres/MT com destino a Sapezal/MT.

Com essa apreensão, a PRF em Mato Grosso já soma mais de 5,2 toneladas de cocaína e seus derivados retirados de circulação em 2020, gerando um prejuízo ao crime organizado de mais de R$ 680 milhões.

SECOM PRF MT
e-mail: [email protected]
Instagram: @prf_mt
Para emergências e denúncias, ligue 191

 

 

 

Fonte: PRF MT

Propaganda

PM prende suspeito por agredir a pauladas pai e criança em Comodoro

Publicados

em


.

Nesta quinta- feira(24.09) a Polícia Militar prendeu um homem de 24 anos e apreendeu um adolescente(16) por homicídio doloso tentado e lesão corporal, em Comodoro. Os suspeitos são acusados de agredir a pauladas uma criança 11 anos de idade e o pai dela. As vítimas foram conduzidas ao Hospital das Clínicas do município. 

 

A PM foi acionada ainda na madrugada, por volta de 1 hora, os militares foram solicitados para verificar uma ocorrência em que três homens teria arrombado a porta de uma residência e tentado a matar um homem e sua filha. 

 

De imediato, a equipe de policiais foi até o endereço no bairro Área Seca. Uma criança de sete anos foi encontrada chorando;a menor relatou à polícia que uns homens queriam matar seu pai e a irmã. 

 

A polícia fez rondas na região e localizou as duas vítimas machucadas; a criança contou que havia levado pauladas em seu braço e reclamava de muitas dores. O homem disse que estava com dores no peito e nas costas e que foi agredido com os golpes de madeira. Os policiais encaminharam rapidamente as vítimas ao hospital da cidade.

 

Leia Também:  Policiais militares salvam bebê que se afogou na banheira em Tangará da Serra

A vítima descreveu os três suspeitos. Durante diligência no bairro Cidade Alta, a polícia conseguiu encontrar dois dos suspeitos ainda na rua. Os dois homens confessaram que foram até a casa das vítimas para acerto de contas.

 

Um dos suspeitos , o maior de idade, contou que faz parte de uma organização criminosa e que age a serviço do grupo, dentro e fora dos presídios. O homem disse ainda estava seis meses fora da cidade, ele já foi preso sete vezes por tráfico de drogas e roubo.A dupla foi conduzida à delegacia.

 

A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque – denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. 

 

Fonte: PM MT

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA