Momento Saúde

Brasil já perdeu 375 médicos para a Covid-19, diz levantamento

Publicados

em


source
Médicos
Rovena Rosa/Agência Brasil

Médicos da linha de frente da Covid-19 no Brasil

Um levantamento divulgado juntamente com uma homenagem do Conselho Federal de Medicina (CFM) apontou que 375 médicos faleceram após infecção da Covid-19 no país. Ainda segundo o Conselho, São Paulo foi o estado que mais perdeu profissionais durate a pandemia: 58 pessoas.

Além de São Paulo, o estado do Pará e Rio de Janeiro, respectivamente com 51 e 50 vítimas, também foram destaque no levantamento. Os dados foram fornecidos por sintiados, secretarias estaduais e casos divulgados pela imprensa.

A plataforma lançada ontem, um memorial virtual, possui um espaço para que as pessoas mandem mensagems para os profissionais e foto de cada um os profissionais da linha de frente. O portal também traz informações úteis aos profissionais, como notícias e orientações de procedimento.

Fonte: IG SAÚDE

Leia Também:  Mais de 1 milhão de doses da Coronavac ficarão em SP, diz Butantan
Propaganda

Momento Saúde

SP prevê receber insumos para 5,5 mi de doses da CoronaVac na próxima semana

Publicados

em


source
 CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan
Reprodução: BBC News Brasil

Butantan aguarda chegada do IFA da China para que sejam produzidas mais doses da CoronaVac

Após avanço nas negociações, o governo de São Paulo e o Instituto Butantan esperam receber mais de 5 mil litros de insumos da China na próxima semana. A carga é suficiente para produzir cerca de 5,5 milhões de dosas da CoronaVac .

As 5,5 milhões de doses se juntarão às 6 milhões que começaram a ser distribuídas na segunda-feira (18). Há, ainda, 4,8 milhões de doses pronas no Instituto Butantan, e é aguardado o aval da Anvisa para que sejam aplicadas.

Nesta segunda-feira (18), o Instituto Butantan pediu ao governo chinês agilidade na liberação dos insumos.

De acordo com o diretor do instituto, Dimas Covas, um carregamento de matéria-prima estava pronto para ser despachado, mas ainda dependia de autorização do governo chinês para ser enviado ao Brasil. O Butantan já concluiu o envase de toda a matéria-prima recebida da China e aguarda essa nova remessa para dar início à segunda etapa de produção.

Leia Também:  Cientistas tentam criar vacina única contra vários tipos de coronavírus; entenda
Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA