Momento Saúde

Brasil registra 17,9 milhões de casos de covid-19 e 501,8 mil mortes

Publicados

em


O Ministério da Saúde divulgou hoje (20) novos números sobre a pandemia de covid-19 no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem no acumulado 17,9 milhões de casos confirmados da doença e 501,8 mil mortes registradas. Os casos de recuperados somam 16,2 milhões. 

Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 44,1 mil novos casos e 1.025 mortes em 24 horas. 

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, com 3,5 milhões de casos e 122 mil óbitos. Em seguida estão Minas Gerais (1,7 milhão de casos e  44,5 mil óbitos); Paraná (1,2 milhão casos e  29,9 mil óbitos) e Rio Grande do Sul ( 1,1 milhão de casos e  30,4 mil óbitos).

De acordo com o Ministério da Saúde, 3,6 mil casos estão em investigação.

Edição: Nélio Neves de Andrade

Fonte: EBC Saúde

Leia Também:  Máscaras mal utilizadas podem elevar em 1000% os casos de Covid-19
Propaganda

Momento Saúde

Quais os sintomas da Covid-19 em pessoas vacinadas? Estudo responde

Publicados

em


source
Sintomas da covid podem se confundir com os de gripe e resfriado
Reprodução: ACidade ON

Sintomas da covid podem se confundir com os de gripe e resfriado


Os sintomas da Covid-19 não são os mesmos em homens e mulheres, de acordo com uma pesquisa do Kings College de Londres, no Reino Unido, com 38 mil pessoas. Segundo resultados publicados na revista científica Lancet Digital Health, os sintomas também mudam conforme a idade e o estágio de imunização.

Os pesquisadores chegaram à conclusão de que os homens costumam sentir mais falta de ar, fadiga, calafrios e febre. Enquanto isso, as mulheres estão mais propensas a perder o olfato, sentir dor no peito e tosse persistente. Quanto a pessoas com mais de 60 anos, a probabilidade de apresentar diarreia é maior, enquanto a perda de olfato é menos comum.

Já pessoas que tomaram as duas doses da vacina contra a Covid-19 costumam sofrem com dor de cabeça, nariz escorrendo, espirros e dor de garganta quando contaminadas. 

“É importante que as pessoas saibam que os primeiros sintomas estão em uma gama grande, e podem ser diferentes para cada membro da família”, afirmou Claire Steves, uma das autoras pelo estudo, ao Daily Mail. As informações, segundo a pesquisadora, são essenciais para a testagem e o rastreamento de casos.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA