Momento Saúde

Cinemas e teatros estão autorizados a reabrir a partir de hoje no Rio

Publicados

em


.

A partir de hoje (14) os cinemas, teatros e anfiteatros da cidade do Rio de Janeiro estão autorizados a retomar as atividades, com ocupação de até 50% da capacidade e assentos numerados. Está proibida a venda e consumo de alimentos e bebidas. Os estabelecimentos culturais e de lazer estão fechados desde março, quando foram impostas medidas restritivas e de isolamento social para conter a propagação da covid-19.

A venda de ingressos deve ser feita somente online ou em caixas de auto atendimento. A modalidade drive-in tem restrição de duas pessoas por veículo ou ocupação máxima no caso de membros da mesma família.

Museus, espaços de exposição e bibliotecas foram permitidos desde o dia 1º, com a reserva de 4 metros quadrados por pessoa. Já reabriam o Museu do Amanhã e o Museu de Arte Moderna.

Entre as atualizações do plano de retomada anunciados na sexta-feira pela prefeitura, está também a proibição de bares e lanchonetes venderem bebidas alcoólicas para consumo externo a partir das 22h, bem como vendedores ambulantes. A punição para quem descumprir a regra passou de interdição por 24 horas para suspensão por sete dias, além da multa no valor de R$ 13 mil.

Leia Também:  Covid-19: Brasil registra 863 óbitos e 32.058 novos casos em 24h

Nesta fase de retomada, chamada de 6A, o comércio de rua, galerias e centros comerciais tiveram o horário de funcionamento liberado. Continua proibido o estacionamento na orla durante os fins de semana.

Também estão vedados eventos sociais como casamentos, bodas, aniversários, formaturas, confraternizações, coquetéis, inaugurações, lançamentos, cerimônias oficiais e diplomáticas. Apenas casas de festas infantis estão liberadas, com restrição a um terço da capacidade e sem ultrapassar a regra de 4 metros quadrados por pessoa.

As escolas municipais estão apenas com os refeitórios abertos.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

Propaganda

Momento Saúde

Covid-19: Brasil registra 1.031 mortes nas últimas 24 horas

Publicados

em


O boletim diário do Ministério da Saúde, divulgado nesta quarta-feira (30), revela que o Brasil tem 4.810.935 casos confirmados acumulados do novo coronavírus.

Nas últimas horas, foram 33.413 novos casos confirmados de covid-19.

O país voltou a registrar mais de mil óbitos por dia, decorrentes da covid-19. Nas últimas 24 horas, foram 1.031 mortes por covid-19. O total chega a 143.952. 

O último registro acima de mil mortes ocorreu em 15 de setembro. 

Registro diário de mortes provocadas por covid-19 no Brasil
DATA 15/9 16/9 17/9 18/9 19/9 20/9 21/9 22/9 23/9 24/9 25/9 26/9 27/9 28/9 29/9 30/9
ÓBITOS 1.113 987 829 858 739 363 377 836 869 831 729 869 335 317 863 1.031

Segundo o Ministério da Saúde, atualmente, 10,1% dos pacientes estão em acompanhamento (486.607) e 86,9% dos brasileiros que contraíram covid-19 estão recuperados (4.180.376).

As autoridades de saúde ainda investigam se outras 2.466 mortes foram provocadas por coronavírus.  

Onde há mais casos de covid-19 no Brasil

*Casos acumulados desde o início da pandemia

São Paulo = 985.628

Leia Também:  Covid-19: Brasil registra 863 óbitos e 32.058 novos casos em 24h

Bahia = 310.526

Minas Gerais = 295.169

Rio de Janeiro = 264.783

Ceará = 241.159

Onde há mais mortes por covid-19 no Brasil 

São Paulo = 35.622

Rio de Janeiro = 18.487

Ceará = 8.994

Pernambuco = 8.251

Minas Gerais = 7.360

Boletim epidemiológico covid-19Boletim epidemiológico covid-19

Boletim epidemiológico covid-19 – Ministério da Saúde

 

 

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA