Momento Saúde

Covid-19: com média móvel de óbitos em queda, Brasil registra 713 mortes em 24h

Publicados

em


source
Coveiro com roupa impermeável em cemitério Nossa Senhora Aparecida%2C em Manaus
Foto: Alex Pazuello/Prefeitura de Manaus

Coveiro com roupa impermeável em cemitério Nossa Senhora Aparecida, em Manaus

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou mais 713 mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2), fazendo o total subir para 152.460. Já o número de contaminações chegou aos 5.169.386 milhões. Desse total, 28.523 infectados só de ontem para hoje.

A contagem de casos realizada pelas Secretarias Estaduais de Saúde inclui pessoas sintomáticas ou assintomáticas; ou seja, neste último caso são pessoas que foram ou estão infectadas, mas não apresentaram sintomas da doença.

O ranking de número de mortes segue liderado pelo estado de São Paulo, que tem 37.690 óbitos causados pela Covid-19. O Rio de Janeiro continua em segundo lugar, com 19.555 mortes, seguido por Ceará (9.192), Pernambuco (8.456) e Minas Gerais (8.267).

Leia Também:  No Brasil, casos de covid-19 caem 19% e mortes diminuem 17%

Os estados que registram maior número de casos são: São Paulo (1.051.613), Bahia (331.362), Minas Gerais (328.402), Rio de Janeiro (286.282) e o Ceará (262.567).

Desde o início de junho, o Conass divulga os números da  pandemia da Covid-19 por conta de uma confusão com os dados do Ministério da Saúde. As informações dos secretários de saúde servem como base para a tabela oficial do governo, mas são publicadas cerca de uma hora antes.

Ao todo, mais de 38 milhões pessoas foram infectadas em todo o mundo. Do total de doentes, mais de 1 milhão morreram, segundo a Universidade Johns Hopkins.

O Brasil segue como o terceiro país do mundo em número de casos de Covid-19 e o segundo em mortes, atrás apenas dos Estados Unidos.

Fonte: IG SAÚDE

Propaganda

Momento Saúde

MS abre consulta pública sobre diretrizes para esclerose múltipla

Publicados

em


O Ministério da Saúde inicia amanhã (27) a consulta pública que buscará contribuições para a proposta de atualização do Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Esclerose Múltipla, conforme publicado no Diário Oficial da União de hoje (26).

A consulta ficará aberta pelo prazo de 20 dias. De acordo com a pasta, as contribuições a serem apresentadas deverão estar “devidamente fundamentadas”. A documentação relativa à consulta e o endereço para envio de contribuições estão à disposição dos interessados no endereço eletrônicohttp://conitec.gov.br/consultas-publicas.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

Leia Também:  Média de mortes por Covid-19 no estado de São Paulo cai 5%
Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA