Momento Saúde

Covid-19: Rio de Janeiro vacina gestantes e puérperas com comorbidades

Publicados

em


A cidade do Rio de Janeiro vacina contra a covid-19 hoje (15) e na quinta-feira (17) gestantes e, também, mulheres que tiveram bebês há até dois meses e que tenham comorbidades elegíveis para a imunização. Nestes dias estará disponível para elas nos postos doses da vacina da empresa norte-americana Pfizer, já que o Ministério da Saúde recomendou que esse grupo não receba a vacina da AstraZeneca, fabricada pela Fiocruz e que está com maior disponibilidade no Brasil no momento.

As gestantes e puérperas devem apresentar laudo médico detalhado para justificar a recomendação de tomar a vacina, com avaliação da relação risco e benefício para receber a dose. Também é necessário levar o termo de consentimento assinado. O documento está disponível no site.

Seguindo o calendário da Secretaria Municipal de Saúde, hoje também podem se vacinar pessoas com 52 anos ou mais. Na quinta-feira é o dia de quem tem 51 anos e a sexta-feira foi reservada para as pessoas com 50 anos ou mais.

Grupos profissionais

Amanhã (16), os postos aplicarão as doses nos trabalhadores da educação superior, profissionalizante e outros, como cursos de línguas. É necessário apresentar contracheque ou declaração da instituição para comprovar o vínculo.

Leia Também:  Covid-19: Rio tem vacinas para imunização até a quarta-feira

Os trabalhadores do setor de saúde, a partir de 18 anos, que ainda não tenham se vacinado poderão tomar a primeira dose contra a covid-19 no sábado (19). Esse dia também inclui as pessoas com deficiência permanente, com 18 anos ou mais, e a população em geral a partir de 50 anos.

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Saúde

Propaganda

Momento Saúde

Covid-19: Depois de 252 dias, SP tem menos de 5 mil internados em enfermarias

Publicados

em


source
Covid-19: Depois de 252 dias, SP tem menos de 5 mil internados em enfermarias
Macau Photo Agency/Unsplash

Covid-19: Depois de 252 dias, SP tem menos de 5 mil internados em enfermarias

A Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo informou, neste último domingo (1), que menos de 5 mil pessoas estavam internadas em enfermarias no estado por conta da Covid-19 após 252 dias acima deste patamar. Segundo a gestão estadual, a redução é resultado da vacinação e das medidas de prevenção.

Foi informado também que há 10.284 pessoas hospitalizadas pela Covid-19 no estado, sendo 5.328 em UTIs e 4.956 pacientes em leitos clínicos. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado hoje é de 50,5%.

Desde o início da pandemia, o estado registrou 4.061.741 casos da doença e 139.039 mortes.

Vacinação no estado

Segundo o calendário estadual, a população adulta (com mais de 18 anos) do estado estará vacinada, ao menos com uma dose, até o dia 16 de agosto.

Antes a previsão era de que até 20 de agosto a população adulta teria começado o ciclo de vacinação. Doria também anunciou que adolescentes na faixa etária de 17 a 12 anos começarão a ser vacinados no dia 18 de agosto.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA