Momento Saúde

Covid-19: Rio registra recorde de aplicações em dia de escolha de vacinas

Publicados

em


source
Covid-19: Rio registra recorde de aplicações em dia de escolha de vacinas
Reprodução: iG Minas Gerais

Covid-19: Rio registra recorde de aplicações em dia de escolha de vacinas

A cidade do Rio de Janeiro bateu neste sábado (25) o recorde de doses de vacinas aplicadas em um únco dia contra a covid-19 . Ao todo, foram aplicadas 123.352 doses. Deste total, 53.306 primeiras doses, 57.734 foram da segunda dose e 12.312 da dose única. Neste sábado, pela primeira vez, a prefeitura permitiu que as pessoas escolhessem qual vacina receber, já que nos postos havia unidades da AstraZeneca, Coronavac e Pfizer à disposição.

 A marca anterior havia sido obtida também em um sábado (14 de agosto), quando a campanha foi voltada principalmente para jovens de 23 anos. Na ocasião, 97.810 pessoas foram imunizadas sendo 68.607 com a primeira dose e 29.203 com a segunda dose.

Neste sábado, a campanha era voltada para pessoas de 12 anos que ainda não tinham  se vacinado contra a Covid. Além da respecagem, foram imunizados cariocas com a segunda dose e aplicadas doses de reforço para os idosos de 84 anos ou mais; além de  pessoas com imunisupressão a partir de 40 anos.

Leia Também:  OMS detecta surto de febre amarela na Venezuela

Na próxima semana, a partir de segunda-feira, prossegue a campanha para proteger os idosos com mais de 80 anos com a dose de reforço por faixa etária; além da continuidade da aplicação da primeira e segunda doses, conforme as datas previstas noscomprovantes de vacinação.


Segundo a secretaria municipal de Saúde, a cidade registrou neste sábado também uma taxa de ocupação de leitos de covid inferior a 45% das vagas, o menor número de pacientes internados desde abril de 2020.

Fonte: IG SAÚDE

Propaganda

Momento Saúde

Rio aplica 61,4 mil vacinas em dia D para crianças e adolescentes

Publicados

em


A prefeitura do Rio de Janeiro aplicou 61.432 doses de vacinas em crianças e adolescentes durante o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, realizado ontem (16). Foram aplicadas 18 vacinas que protegem contra diversas doenças como tuberculose, hepatite, febre amarela, sarampo, caxumba, meningite, entre outras.

campanha, que mobiliza todas as unidades de atenção primária, teve início no dia 1º e vai até 29 de outubro. O objetivo é regularizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes até 15 anos de idade em todo o país.

Segundo o Ministério da Saúde, desde 2015, tem havido uma queda da cobertura vacinal, agravada com a chegada da pandemia. A vacinação é importante para evitar que algumas doenças que já estão erradicadas voltem a causar preocupações.

Entre os imunizantes que fazem parte da campanha estão, por exemplo, a BCG, a pentavalente, a tríplice viral, a tetraviral e a tríplice bacteriana. Em razão da pandemia de covid-19, o Ministério da Saúde enviou aos estados e municípios orientações parar garantir protocolos de saúde, como uso de máscaras, espaços ventilados e higienização das mãos.

Leia Também:  Brasil registra 11,25 mil casos de covid-19 e 483 mortes, em 24 horas

A pasta informa que não há restrição para que os adolescentes de 12 a 15 anos vacinados contra a covid-19 há poucos dias recebam os demais imunizantes. Não é necessário aguardar nenhuma janela de tempo entre as aplicações.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA