Momento Saúde

Covid-19: vacina russa induz anticorpos e é segura, afirma estudo preliminar

Publicados

em


source
Vacina
Divulgação

Testes comprovaram eficácia da vacina, mas análise em larga escala ainda é necessária

Nesta sexta-feira (4), a revista científica The Lancet publicou novos resultados dos testes realizados com a Sputnik V , candidata a vacina contra a Covid-19 produzida pela Rússia. O estudo mostrou que o imunizante foi capaz de produzir resposta imunológico em todos os voluntários e não teve efeitos adversos.

“Os dois testes de 42 dias, que contaram com a participação de 38 adultos saudáveis em cada um, não encontraram nenhum efeito adverso grave e confirmaram que a candidata a vacina gerou reposta de anticorpos. Testes mais amplos e de longo prazo, incluindo uma comparação com placebo, são necessários para estabelecer a segurança na prevenção da infecção pela Covid-19 “, aponta a conclusão do estudo na The Lancet, divulgado pela agência Reuters.

Ainda de acordo com a publicação, os resultados dos testes , que foram conduzidos entre os meses de junho e julho com 76 participantes, apontaram para uma eficácia de 100% da vacina na produção de anticorpos contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Leia Também:  SUS completa 30 anos com conquistas e desafios

Vale lembrar que a Sputnik V foi a primeira candidata a vacina contra a Covid-19 registrada em todo o planeta, o que fez a comunidade internacional criticar a decisão acelerada da Rússia.

Fonte: IG SAÚDE

Propaganda

Momento Saúde

Saúde atualiza números da pandemia: Brasil tem 363 novos óbitos

Publicados

em


.

Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, mais 363 pessoas morreram por causa da covid-19 no Brasil neste domingo (20). Com isso, o total de óbitos chega a 136.895 desde 27 de março. 

A taxa de letalidade (número de mortes pelo total de casos) ficou em 3%. A mortalidade (quantidade de óbitos por 100 mil habitantes) atingiu 65,1. A incidência dos casos de covid-19 por 100 mil habitantes é de 2.162,6. As informações são do Ministério da Saúde e estão disponíveis na internet.

De acordo com a atualização de dados feita às 18h, 16.389 pessoas tiveram confirmadas novas contaminações hoje. O balanço totaliza 4.544.629 casos de contaminação pelo novo coronavírus Segundo o ministério, 3.851.227 de pessoas recuperaram a saúde depois da infecção – cerca de 85% dos casos.

A Região Sudeste registra um total de 1,581 milhão de casos de infecção pela covid-19, seguida pela Região Nordeste com 1,272 milhão de casos. No Norte do país, somam 600,8 mil casos. No Sul, 545,2 mil. E no Centro-Oeste, mais de 544 mil casos.

Leia Também:  Saúde atualiza números da pandemia: Brasil tem 363 novos óbitos

O Estado de São Paulo, o mais populoso é o com maior número de contaminações. Desde o início da pandemia no Brasil, a região registra 935.300. Nesse período, 33.952 mortes ocorreram no estado por causa da covid-19.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA