Momento Saúde

Covid: Eduardo Paes vai incluir rodoviários no grupo prioritário de vacinação

Publicados

em


source
Covid: Eduardo Paes vai incluir rodoviários no grupo prioritário de vacinação
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Covid: Eduardo Paes vai incluir rodoviários no grupo prioritário de vacinação

O prefeito Eduardo Paes afirmou que os rodoviários do Rio vão figurar entre os grupos prioritários para vacinação. A novidade deve ser anunciada amanhã na coletiva semanal sobre a covid-19, comandada pelo secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz. O prefeito do Rio permanece em isolamento domiciliar, após ter sido infectado com covid-19.

A categoria vem pressionando para receber a imunização. O presidente do sindicato de Rodoviários do Rio, Sebastião José, chegou a afirmar no início da semana que caso a imunização da categoria não começasse até o dia 1° de maio, a capital poderia viver “um lockdown de advertência no transporte urbano”.

O presidente do sindicato disse que Paes o informou que será anunciada amanhã (23) a data para o início da imunização dos profissionais. “Parece que a falta de bom senso deu lugar à razão. A insistência da prefeirura em não vacinar os profissionais estava colocando em risco toda uma categoria. Desde janeiro que estamos solicitando a aplicação da vacina, mas não éramos atendidos, o que infelizmente, desde o início da pandemia”, disse Sebastião José.

Segundo o presidente do sindicato, desde o início da pandemia já foram registrados 196 casos e 56 mortes de profissionais da categoria. Sebastião afirmou ainda que disponibilizou dois endereços para a realização da vacinação para a prefeitura: um em Campo Grande, na Rua Jaguarauna, 283 e o do Centro Social do sindicato, na Estrada Otaviano, 404 em Rocha Miranda.

Leia Também:  Cidade de São Paulo vai manter vacinação de adolescentes

Já o sindicato que atende 13 municípios de Niterói a Arraial do Cabo, o Sintronac, afirma que não houve anúncio nesse sentido para a categoria. Está marcada para a próxima segunda-feira (26) uma paralisação dos ônibus nas cidades de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Tanguá.

O presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira, ressalta que os rodoviários fazem parte do grupo prioritário no Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde e que o grupo é relativamente pequeno. Em São Gonçalo, são 7.147 rodoviários, em Niterói, 3.443; em Maricá, 1.226; Itaboraí, 263; e Tanguá 7. “Até o último fim de semana registramos que 50 rodoviários morreram por conta da covid-19. Esse é o número que contabilizamos, mas a realidade pode ser pior”, ressalta.

Você viu?

Em nota, a RioÔnibus lembrou que o anúncio da priorização da vacinação dos rodoviários da capital veio um dia após envio de ofício ao prefeito cobrando agilidade. “Mesmo com determinação de utilização de máscaras e higienização regular das mãos e utensílios, os profissionais lidam em média com 200 pessoas diariamente, durante o exercício da função. A medida agrega mais segurança aos deslocamentos diários da população e dos profissionais rodoviários”, diz o sindicato das empresas do ônibus da cidade do Rio.

A Prefeitura de Maricá diz que devido à vacinação no município estar suspensa, a questão dos grupos prioritários fica em compasso de espera, aguardando a retomada da imunização, que não tem data prevista.

Leia Também:  Idosos com mais de 85 anos vão receber 3ª dose da Pfizer em São Paulo

A Secretaria de Saúde de São Gonçalo afirma que entende a importância desta e de outras categorias profissionais dentre os grupos prioritários, que já estão elencados no Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. E informa que continuará seguindo o PNI, buscando também equacionar a questão com imunização simultânea destes grupos de acordo com a remessa de doses a serem enviadas ao município.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de Itaboraí informa que a Secretaria Municipal de Saúde está seguindo o Plano Estadual de Vacinação e aguarda um norteamento quanto ao início da vacinação de novos grupos prioritários. A Vigilância Sanitária segue mapeando para identificar qual critério adotar para a vacinação dos rodoviários, destacando que esse avanço só será possível quando as doses destinadas a esse grupo forem enviadas ao município.

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio informa que segue o Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde e diz que não tem previsão para priorização de rodoviários.

Nesta quinta-feira, 22 de abril, a vacinação na capital é destinada a mulheres com 60 anos, profissionais de saúde com 46 anos, gestantes com comorbidades e à segunda dose.

Fonte: IG SAÚDE

Propaganda

Momento Saúde

Rio suspende aplicação da CoronaVac por falta de vacinas

Publicados

em


O município do Rio de Janeiro decidiu suspender a aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac, contra a covid-19, por falta do imunizante. A Secretaria Municipal de Saúde informou que aguarda a liberação, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), de um lote de 166 mil vacinas que está incluido em uma remessa suspensa de forma cautelar.

No início de setembro, a Anvisa decidiu interditar 25 lotes, com um total de 12,1 milhões de imunizantes, que foram enviados ao Brasil pela fabricante chinesa Sinovac, parceira do Instituto Butantan na produção da CoronaVac.

Segundo a agência, a fábrica de onde vieram os imunizantes não recebeu autorização de uso emergencial emitida para a vacina. 

Vacinação

A vacinação com outros imunizantes continua ocorrendo conforme o calendário, tanto para a primeira quanto para a segunda dose e a dose de reforço.

A primeira dose no município está sendo aplicada hoje a adolescentes de 14 anos do sexo masculino e a grávidas, lactantes, puérperas e pessoas com deficiência de 12 anos ou mais. A dose de reforço está sendo aplicada em idosos com 91 anos ou mais e a pessoas com alto grau de imunossupressão, com 60 anos ou mais.

Leia Também:  Doença "urina preta" pode estar relacionada a consumo de frutos do mar

Edição: Graça Adjuto

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA