Momento Saúde

Estado do Rio confirma mais 73 óbitos por covid-19

Publicados

em


.

Em novo boletim divulgado nesta sexta-feira (4), a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro atualizou para 232.489 o número de casos acumulados de covid-19 nos municípios fluminenses. Desde o último balanço, divulgado ontem (3), foram registradas 2.218 novas ocorrências.

Já o número de óbitos subiu para 16.467. Foram confirmadas 73 novas mortes, enquanto outras 434 ainda estão sendo investigadas. Já o número de recuperados passa de 210 mil pessoas.

A capital do estado concentra o maior volume de casos e de mortes. Os registros apontam para 93.012 mil infectados e 9.853 mil óbitos desde o início da pandemia.

Niterói (11.889), São Gonçalo (11.174), Duque de Caxias (8.450) e Belford Roxo (7.992) completam a lista das cinco cidades do estado onde mais ocorreram as infecções. Já os municípios com maior número de mortes são, além da capital, São Gonçalo (663), Duque de Caxias (663), Nova Iguaçu (527) e São João de Meriti (399).

Os menores índices são registrados em Rio das Flores, com apenas 16 casos registrados, e em São Sebastião do Alto, com 26 ocorrências confirmadas.

Leia Também:  Casos da Covid-19 se aproximam de um milhão em São Paulo; mortes são 34,4 mil

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde

Propaganda

Momento Saúde

Brasil adere a aliança para aceleração da vacina contra a covid-19

Publicados

em


.

O governo federal anunciou nesta quinta-feira (24) a adesão ao Instrumento de Acesso Global de Vacinas Covid-19 (Covax Facility), ação administrada pela Aliança Gavi e a liberação de cerca de R$ 2,5 bilhões para viabilizar o ingresso do Brasil nesta iniciativa.

Segundo o governo, os países são convidados a participar do grupo e poderão se beneficiar, ao ter garantido o acesso ao fornecimento das vacinas disponibilizadas por meio da Covax Facility. Dessa forma, espera-se que o Brasil possa comprar imunizantes para garantir a proteção de 10% da população até o final de 2021, o que permite atender populações consideradas prioritárias.

A adesão permitirá o acesso ao portfólio de nove vacinas em desenvolvimento, além de outras em análise. Com a diversificação de possíveis fornecedores, aumentam as chances de acesso da população brasileira à vacina no menor tempo possível. Caberá à Covax Facility negociar com os fabricantes o acesso às doses das vacinas em volumes especificados, os cronogramas de entrega e os preços.

A Covax Facility é uma aliança internacional da Organização Mundial de Saúde (OMS), Gavi Alliance e da Coalition for Epidemic Preparedeness Innovations (CEPI), que tem como principal objetivo acelerar o desenvolvimento e a fabricação de vacinas contra a covid-19 a partir da alocação global de recursos para que todos os países aderentes à iniciativa tenham acesso igualitário à imunização.

Leia Também:  Maioria dos norte-americanos deve ser vacinada contra Covid-19 até julho

De acordo com Palácio do Planalto, a iniciativa não impede que o país realize acordos bilaterais com outras empresas biofarmacêuticas produtoras de vacinas contra a covid-19 que não estejam contempladas pela iniciativa global. Também não ficam impedidas iniciativas já realizadas pelo Brasil com as biofarmacêuticas que fazem parte da iniciativa global.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

MOMENTO POLICIAL

MOMENTO DESTAQUE

MOMENTO MULHER

MOMENTO PET

MAIS LIDAS DA SEMANA